Staffordshire Bull Terrier Frontal

Fonte: Victor Grabarczyk / Unsplash.com

Forte, musculoso, leal, amigo e bastante carinhoso. Estas são as principais características desse cãozinho de médio porte, que é tão desejado pelos maníacos por cachorros. Se você é uma dessas pessoas e tem interesse em adotar um animal da raça Staffordshire Bull Terrier, continue lendo este artigo, pois vamos falar sobre comportamento, alimentação e dicas que certamente irão te ajudar a decidir se o pet é ou não é feito para você.  

Ficha técnica:

• Peso: 11 kg a 17 kg
• Altura: 33 cm a 41 cm
• Grupo AKC: Cão de caça
• Grupo CBKC: Grupo 3
• Outros nomes: Staffbull
• Expectativa de vida: 12 a 14 anos
• Origem: Condado de Staffordshire na Inglaterra
• Preço estimado: R$ 2.500 a R$ 4.000

Histórico do Staffordshire Bull Terrier

Acredita-se que a raça Staffordshire Bull Terrier, assim como diversas raças Bull, surgiu no século 15. Foi nesse período que se popularizou o esporte chamado “Bull Baiting”, motivo pelo qual a raça do cachorro recebe em seu nome o “Bull”. Além disso, o cão exercia seu papel no esporte.

No entanto, esta prática esportiva não era muito legal. A atividade consistia em um embate sangrento e, muitas vezes, fatal, que envolvia um cachorro e um touro. Era uma das principais formas de entretenimento na época, que servia também para amaciar a carne do touro para ser consumida depois. Tudo isso recebia influências de crenças da população da época.

Os Staffordshires Bull Terriers são resultado de um cruzamento entre Buldogues e Terriers. A ideia era que resultasse em um cachorro tranquilo, sem temperamentos agressivos, principalmente com humanos, pois estes precisariam bastante do bicho.

Os cãezinhos ficaram conhecidos e populares principalmente entre a classe operária, especialmente os trabalhadores das minas de carvão, na cidade de Staffordshire, na Inglaterra. Eles colocavam os cachorros para brigar, e essa prática se tornou cada vez mais frequente.

Por volta de 1835, quando ela começou a ser proibida, a prática foi reduzida, mas como ainda não havia tanta fiscalização, as brigas entre os cães continuavam de forma clandestina, incentivada pelos populares e operários.

Por conta de associações com estas brigas entre dogs, a raça demorou a ser reconhecida. Só após 100 anos, o Kennel Club Inglês a reconheceu como raça de cachorro. O AKC (American Kennel Club) só entrou em cena em 1975 com o reconhecimento da raça.

Características físicas do Staffordshire Bull Terrier

Cães da raça Staffordshire Bull Terrier costumam ter pelagem curta e bem assentada no corpo. Eles podem ser na cor vermelho, branco, preto, tigrado ou até azul e todas essas cores misturadas. Entre outras características, ele é conhecido por ser um cachorro bastante versátil e adaptável.

O Staffordshire Bull Terrier é um dog que tem bastante necessidade de atividades físicas, uma vez que ele é forte e musculoso. Inclusive, sua musculatura é devido ao seu histórico, já que foi criado para ser um cão de caça.

O cãozinho de porte médio varia entre 33 cm a 41 cm de altura, e de 11 kg a 17 kg. Esses detalhes são determinados de acordo com várias características, sendo a principal, o sexo do animal. Os machos costumam ser mais gordos e maiores, enquanto as fêmeas são mais magras e menores. Entretanto, essa “regra” pode mudar conforme individualidade do cão.

Uma coisa que chama bastante atenção das pessoas que criaram esta raça é a facilidade como o cachorro se adapta em locais que não são bons para ele. Além disso, eles costumam “fazer amizade” com frequência, até mesmo com pessoas ou bichos desconhecidos.

Staffordshire Bull Terrier Lateral

Fonte: k9arteu / Pixabay.com

Comportamento do Staffordshire Bull Terrier

O Staffordshire Bull Terrier é um cãozinho bastante inteligente e afetuoso. Por conta disso, ele acaba sendo um cão sociável e calmo, além de educado e de fácil adaptação, tanto em lugares quanto com pessoas estranhas ou outros animais.

Seu comportamento contribui muito para que muitas pessoas procurem cães dessa raça. Embora tenham um histórico de temperamento, nem sempre estes cãezinhos apresentam facilidade na convivência. Em muitos momentos eles podem ser teimosos, principalmente quando não recebem a atenção que precisam.

Por vezes, eles podem ser difíceis em relação ao temperamento, portanto, é importante ter bastante paciência para criar a raça com o máximo de carinho possível. Eles também podem ser agressivos quando percebem que alguém está tentando fazer mal ao seu dono.

De maneira geral, os Staffordshires Bull Terriers são tranquilos e amigáveis. Assim como outros dogs, ele só vai exigir um pouco de atenção, às vezes mais e às vezes menos, mas a carência pode sim mudar o seu temperamento.

Alimentação do Staffordshire Bull Terrier

O Staffordshire Bull Terrier é um animal que não exige alimentos específicos. Na maioria dos casos, cães dessa raça comem ração, e a quantidade varia de acordo com o peso e o tamanho do cachorro. Essa informação pode ser encontrada facilmente na embalagem do alimento.

Apesar da facilidade de encontrar informações sobre alimentos, existem pessoas que gostam de dar dicas por já possuírem um cãozinho, mas não se iluda. O conduta correta é consultar um veterinário que possa auxiliar você durante o processo, principalmente quando o cachorro ainda é filhote.

De modo geral, é indicada uma quantidade de ração que varia de 90 a 340 gramas por dia, até os doze meses de vida do pet. Após a fase inicial, você já pode oferecer uma quantidade maior de alimento, que pode ser algum tipo de ração ou alimentação natural.

E não esqueça de oferecer bastante água ao cão, pois para ela não há limite. Mas é importante ficar monitorando o recipiente de água, pois muitas vezes acontece de ter bichos que acabam caindo por lá.  

Cuidados Especiais com o Staffordshire Bull Terrier

O Staffordshire Bull Terrier precisa de alguns cuidados especiais que devem ser levados a sério. Se você pensa em adotar um bichinho, não esqueça de olhar pontualmente para cada um desses pontos.

Cuidados com o pelo

Apesar de possuírem pelos curtos, a escovação com frequência (pelo menos uma vez por semana) é muito importante para que o cão não tenha problemas de pele ou até mesmo em relação a pulgas. Lembre-se que a escovação também é uma forma de carinho, então encontrar um tempinho para essa prática diariamente pode ser bacana para o pet.

Temperatura

Como falamos, o Staffordshire Bull Terrier é bastante adaptável, mas não é muito tolerante a mudanças de temperaturas. O ideal para eles são ambientes neutros, que não sejam nem frios e nem quentes. Quando não tiver muita opção, tente buscar meios para aquecê-los ou resfriá-los.

Não o deixe sozinho

O Staffordshire Bull Terrier é um cachorro que exige atenção de seus donos, principalmente porque são bastante interativos e gostam de pessoas que possam brincar com eles em grande parte do tempo. Quando se sentem sozinhos, é comum que eles fiquem chateados e até retraídos.

Banho e higiene pessoal  

O banho é recomendado a cada seis ou oito semanas. De preferência, com produtos específicos para o tipo e tamanho da pelagem. Em relação às unhas, é importante que elas sejam aparadas a cada quatro semanas, para evitar que o cão se machuque. Os ouvidos devem ser limpos pelo menos uma vez por semana, e os dentes escovados pelo menos uma vez por semana.

Curiosidades do Staffordshire Bull Terrier

1) O Sttafordshire Bull Terrier deu origem ao Sttafordshire americano;

2) A raça já foi conhecida como “cachorro babá” no Reino Unido, por conta da sua ligação com crianças;

3) O Staffordshire Bull Terrier faz parte do grupo de raças que entram na categoria dos Pit Bulls;

4) Antes de se tornar Staffordshire Bull Terrier, a raça chegou a ter três outros nomes.

Reprodução e filhotes

Para que a reprodução entre os Staffordshire Bull Terrier com outros dogs ocorram de forma saudável, é importante encontrar animais que estejam saudáveis, para que não haja problemas no futuro. O ideal é que eles estejam bem fisicamente e tenham sido bem cuidados quando filhotes.

Para saber de todas as informações, converse com o dono do canil ou com o dono do animal. Reúna o máximo de perguntas sobre o histórico dos pais, criação, alimentação, moradia e tudo o que você tenha curiosidade de saber sobre o pet.

Em relação ao período gestacional, é importante atenção à fêmea e uma alimentação de alta qualidade, como rações nutritivas (mais do que normalmente), já que ela estará se alimentando por dois. Fique atento aos cuidados médicos, pois eles não podem ser dispensados neste período.

Staffordshire Bull Terrier Perfil

Fonte: Lindasay / Pixabay.com

Por que ter um Staffordshire Bull Terrier

Como já falamos aqui, a fácil e rápida adaptação é uma característica muito forte dos Staffordshires Bull Terriers. Por isso, ele acaba sendo uma ótima opção para quem não tem um ambiente que combine com o perfil de um cachorro específico.

Então não importa se você mora em uma casa ou apartamento, o dog pode ser o companheiro ideal para você. Ele é atencioso com seus donos, carinhoso e uma ótima companhia para idosos e crianças que têm tempo para se dedicar a eles e que gostam de brincar.

Por que não ter um Staffordshire Bull Terrier

Os Staffordshire Bull Terrier não são para pessoas que se preocupam muito com limpeza, pois eles são bastante agitados. Então se você é uma dessas pessoas, recomendamos que você escolha um outro cachorro para ser seu amigo. Por serem muito brincalhões, eles vivem na rua e por isso acabam acumulando sujeiras, então é interessante manter o banho com frequência. Tudo acaba sendo levado para dentro de casa.

Além disso, se você já sabe que não vai ter tempo para dedicar ao bichinho, é melhor pensar em alguma outra raça que seja um pouco mais independente emocionalmente. Estes cachorrinhos podem desenvolver crises de ansiedade caso percebam que não estão tendo a atenção que precisam.

Preço, como e onde comprar

Um cãozinho dessa raça pode custar entre R$ 2.500 a R$ 4.000. Este valor normalmente varia de acordo com o canil, histórico da mãe e do pai do pet, inclusive, isso é algo que você deve prestar muita atenção antes da compra.  

É muito importante que você reúna o máximo de informações sobre a raça Staffordshire Bull Terrier  antes da compra, para que você possa questionar o criador. Essas perguntas são fundamentais, pois você precisa saber exatamente o perfil do cachorro que está levando pra casa, e isso nem sempre depende só da raça, uma vez que cada cãozinho tem o seu perfil individual.

O animal pode ser encontrado em lojas e canis, mas a melhor maneira é entrando em contato pessoalmente com um canil especializado na raça, ou com pessoas individuais que criaram o animal.

Histórico médico dos pais, processo de gestação da mãe, como estava sendo a criação e a frequência das vacinas necessárias são alguns dos assuntos que você deve colocar na sua lista para questionar a pessoa.