Sobre o Portal Bicho Maníaco

 

Olá, bicho maníaco! Tudo bem?

Eu me chamo Felipe Pereira, sou amante dos cães e decidi criar esse portal para compartilhar conteúdo útil e relevante sobre o assunto.

Desde pequeno que tenho contato com animais, principalmente cães. Há muito tempo atrás, adotei um vira latas na cidade de Gravatá, cidade do interior de Pernambuco. Ele estava na rua, repleto de sarna e eu o peguei para cuidar e criá-lo.

Eu o batizei de Billy Joe, e cuidar dele não foi uma tarefa muito fácil. Ele era filhote, então você já deve imaginar as dificuldades que eu enfrentei…

Era muito bagunceiro, não me obedecia em nada e causava a maior confusão. Foi aí que eu senti a necessidade de pesquisar como educá-lo. Tentei contratar um adestrador, mas na época o valor era totalmente inviável pra mim. Imagine, eu em início de carreira ter que investir um salário mínimo por mês para adestrá-lo (ainda mais sem saber quanto tempo ia levar…).

Então, fui pesquisar como adestrá-lo por conta própria e acabei conhecendo o Agility. Não sei se você conhece, mas é o esporte canino que mais cresce no mundo, em que o animal tem que completar um circuito obedecendo aos comandos do seu condutor. Vez ou outra tem apresentação desse tipo no Faustão. 🙂

Depois disso, tive a oportunidade de fazer um curso de adestramento e me tornei um adestrador (quase) profissional. Comecei a adestrar Billy e era muito gratificante. Ele era esperto e os resultados foram aparecendo.

Depois de vários meses de adestramento, consegui ensinar-lhe vários comandos, como “senta”, “deita”, “aqui”, “cumprimenta”, “morto” e “de pé” (ele chegava a andar uns 20 metros em duas patas). Em paralelo ao treinamento de agility, começamos a participar de campeonatos e chegamos inclusive a ganhar medalha no circuito pernambucano.

Infelizmente, depois de alguns anos, Billy morreu envenenado. Passei uma semana muito difícil (chorando feito menino pequeno todos os dias), mas aos poucos consegui superar a dor. E apesar desse fato dolorido, o meu amor pelos cães continuou. Alguns anos depois, me casei e ganhamos Lion, um lindo cão da raça Border Collie, presente especial de Dr. Fernando, um grande amigo.

Escolhemos a raça por ser a melhor para competições de agility, mas por prioridades profissionais, infelizmente não tive a oportunidade de dar a ele o mesmo treinamento que Billy teve. Não conseguimos praticar agility bem (fizemos apenas algumas poucas aulas), mas apesar disso ele se tornou grande parceiro.

Durante todos esses anos, meus amigos que conhecem minha relação com cães sempre me pediram dicas de criação, de adestramento, raças, e assuntos relacionados a cuidados especiais. Foi aí que decidi criar o portal Bicho Maníaco.

Ele está apenas começando, mas meu objetivo é transformá-lo no principal site em língua portuguesa do mundo sobre o tema. Sei que é meio megalomaníaco, mas quando comecei o portal Digaí em 2013, também começamos do zero e hoje ele se tornou uma grande referência em marketing digital, sendo inclusive premiado.

Aqui no Bicho Maníaco vai ser possível encontrar curiosidades, dicas e informações que possam lhe ajudar na criação e relacionamento entre seu pet e você. Para isso, conto com sua participação. Clique aqui e nos envie suas sugestões.

Abraço grande!

Felipe Pereira

Faça parte da Lista Vip

Quer fazer parte da nossa cãomunidade? Insira o seu e-mail na caixa ao lado e fique por dentro das novidades do blog antes de todo mundo. Você vai receber conteúdos exclusivos que irão te ajudar ainda mais no relacionamento com seu pet.