Jack Russell Terrier Filhote

Fonte: Pixabay.com

Cachorros de raça Jack Russell Terrier possuem características bem peculiares que você vai conhecer neste artigo. Para adiantar, podemos dizer que este é um dos pets mais desejados por pessoas que não abrem mão de um animalzinho de estimação alegre e enérgico. Continue lendo para saber mais!

Ficha técnica:

• Peso: 5 kg a 8 kg
• Altura: 25 cm a 38 cm
• Grupo AKC: Terrier Group
• Grupo CBKC: Grupo 3
• Outros nomes: Parson Jack Russell Terrier
• Expectativa de vida: 13 a 16 anos
• Origem: Inglaterra
• Preço estimado: R$ 3.000 a R$ 7.500

Histórico do Jack Russell Terrier

Na época em que não havia televisão e muito menos internet, os homens se divertiam na caça. Essa, por sinal, era uma das principais atividades da época, e o principal alvo eram as raposas. Pensando em um companheiro para essa atividade, foi criado o Jack Russell Terrier.

O cão dessa raça surgiu na Inglaterra para suprir a necessidade dos homens que se envolviam constantemente na caça. Ele surgiu há cerca de 200 anos, e teve como criador um homem de nome Parson John Russell. Este queria um cão eficiente e, então, desenhou exatamente o que tinha em mente.

O Jack Russell Terrier é fruto do cruzamento entre o Old English White Terrier, já extinto, e o Terrier preto e dourado, embora outras tentativas também tenham sido feitas. O resultado foi um cachorro corajoso, atlético, veloz, inteligente e feito para a caça, assim como ele desejou.

Depois de um tempo, na década de 30, o Jack Russell Terrier se tornou um dos cães favoritos de muitos desportistas. Muitos dos clubes de raça tinham opiniões diferentes em relação ao animal, pois a dúvida era sobre como deveriam mantê-lo: como cão de trabalho ou como cão de competição de shows.

Jack Russell Terrier Frontal

Fonte: Pixabay.com

Características físicas do Jack Russell Terrier

Muitas são as características desse bichinho. Para início de conversa, o Jack Russell Terrier é um cão de pequeno porte, cuja pelagem pode surgir de três diferentes tipos: liso, quebrado ou áspero, um dos fatos que o faz ser diferente de outros cães.

Ainda sobre os pelos, o Jack Russell Terrier possui o pelo um pouco mais comprido ao redor da cabeça, o que parece ser barba e sobrancelha. Sua cor, na maioria dos casos, é branca e, às vezes, ele possui manchas pretas, castanhas ou marrons. Alguns cães possuem essas manchinhas como forma de diferenciar uns dos outros.

As orelhas costumam ter formato de um V e são caídas para frente. Seu focinho não é muito longo e seu nariz é preto, como grande parte dos cachorros de outras raças também. Seu corpo possui tamanho que varia de pequeno a médio. Por não ser tão grande, o cãozinho é bastante flexível, veloz e resistente.

A coragem é uma grande e valorizada característica desse pet. Ele é um dos mais corajosos entre todas as raças existentes no universo dos cachorros. É esta coragem que o faz ser destemido e independente, fazendo da convivência algo muito tranquilo.

Comportamento do Jack Russell Terrier

De maneira geral, o Jack Russell Terrier possui um comportamento ativo, confiável e fiel. Inclusive, a fidelidade é uma de suas principais características que se transformam em um de seus principais temperamentos.

Além de fiel, o cãozinho é bastante inteligente, e isso faz com que ele não seja recomendado para donos leigos, e que não tenham muito tempo para se dedicar tempo para entendê-los, principalmente às suas brincadeiras inteligentes.

Como são ligados à caça, eles normalmente vivem caçando alguma coisa, mesmo quando estão dentro de casa. Em vez de raposas, eles caçam bolinhas na sala de casa, meias no quarto ou até mesmo uma formiga na cozinha. Eles gostam mesmo da busca e da conquista.

Os cachorros de raça Jack Russell Terrier também são conhecidos pelo seu temperamento engraçado, pois estão sempre serelepes e, por isso, se tornam ótimas companhias para seus donos. Além disso, são leais, protetores e dispostos a ajudar sempre que são solicitados.

Alimentação do Jack Russell Terrier

O Jack Russell Terrier não possui muitas exigências alimentares assim como outros cães. Na maioria dos casos, bichos dessa raça se alimentam conforme seu peso e tamanho, além de algumas características individuais, que também podem influenciar bastante.

Em alguns tipos de ração, há informações sobre quantidade na própria embalagem, o que facilita a vida dos cuidadores. Apesar disso, é altamente recomendada a busca por um veterinário especialista em alimentação, para que seja feita uma dieta exclusiva para o cão daquele perfil.  

Os cães devem ser alimentados de duas a três vezes por dia. É importante ficar atento a essa frequência, pois alguns cachorros gostam de comer demais, enquanto outros fogem da comida e preferem comer menos do que precisam para uma boa nutrição. Já a água deve ser ilimitada e sempre à disposição do animal.

Outro ponto importante é em relação ao tipo de ração do bichinho. As do tipo Premium e Super Premium são as mais recomendadas para os cachorros, pois possuem vários dos nutrientes que todo cãozinho necessita para um desenvolvimento saudável.

Enquanto filhote, recomenda-se de 75 a 95 gramas de ração por dia, divididas entre as refeições do dia. Na fase adulta, a partir de um ano, no caso do Jack Russell Terrier, a dica é oferecer ao cão de 75 a 105 gramas por dia.

Jack Russell Terrier Corpo Inteiro

Fonte: Nick Trumble / Pixabay.com

Cuidados com o Jack Russell Terrier

Assim como todos os outros cãezinhos, o Jack Russell Terrier também precisa de uma atenção especial em relação aos cuidados. São cuidados com a pelagem, com a saúde e também com a frequência de exercícios, pois estes são cães bastante enérgicos.

Cuidados com a pelagem

A pelagem do Jack Russell Terrier requer alguns cuidados, principalmente os cães que possuem o pelo mais longo. A escovação deve ser, pelo menos, uma vez por semana, para evitar nós, pulgas ou sujeiras que podem passar para a sua pele e até causar algo mais complicado. Não há frequência para banhos, e para evitar problemas com os pelos, muitas pessoas optam pela tosa constante.

Exercícios físicos

Como já vimos, esta raça é de cães voltados para a caça, atividade que exige um bom porte físico do animal. É devido ao histórico, inclusive, que esse cão necessita tanto de espaço e tempo para gastar toda a sua energia que acumula diariamente. A sugestão é passear com ele por lugares abertos, onde ele possa correr ou caminhar por pelo menos 30 minutos por dia.

Higiene Bucal

Estes cães possuem certa dificuldade para escovar os dentes e, por isso, é comum terem problemas com dentes ou bactérias na boca. O ideal é escovar os dentes de duas a três vezes por semana ou, se possível, diariamente. Dessa forma é evitado o acúmulo de alimentos, o que contribui bastante para a manutenção de uma boa saúde bucal.

Educação

Estar atento à educação do cão é extremamente importante, principalmente quando o bicho possui muita energia, como no caso do Jack Russell Terrier. Eles costumam querer o que pedem na mesma hora, caso contrário, latem além do normal e se tornam cães desobedientes. As atitudes começam a ser de cachorro grande, e por isso eles precisam de limites e disciplina. Dê atenção e mostre que ele não pode dominar a casa.  

Curiosidades do Jack Russell Terrier

Os cães de raça Jack Russell Terrier possuem curiosidades interessantes, sendo algumas até engraçadas.

1) Muitas celebridades americanas têm ou já tiveram um Jack Russell Terrier, como Paul McCartney, Lindsay Lohan e o mergulhador olímpico Greg Louganis

2) A raça é muito conhecida pelos altos saltos, que podem chegar a até cinco vezes mais o seu tamanho

3) O Jack Russell Terrier ficou muito famoso por interpretar Milo, o cachorro do Máscara. No filme, ele contracena com Jim Carrey e Cameron Diaz.

4) Uggie é o nome de um Jack Russell que ficou muito famoso no cinema ao participar de filmes como “O Artista” (ganhador de cinco Oscars em 2012) e “Água para Elefantes”.

5) Por ser muito agitado, Uggie foi rejeitado por pelo menos dois donos durante os filmes citados anteriormente.  

Reprodução e filhotes

Cuidados médicos não podem ser dispensados no período de reprodução até o momento de nascimento dos filhotes. Um bom veterinário dará todo o suporte para que a gestação e pós-parto sejam bem sucedidos. Além disso, é importante que seja oferecida uma alimentação de qualidade ao cão, para que ele possa crescer saudável.

O período gestacional possui cerca de 60 dias e, durante esse tempo, além de cuidados médicos e com a alimentação, é altamente recomendado oferecer carinho e atenção, pois é um momento de muita fragilidade física e emocional para a fêmea.

Outra dica importante para o período é estar atento ao cão que irá cruzar com o seu cachorro. Isso é fundamental para que não haja grandes problemas na hora do cruzamento e também na hora do nascimento, já que muitos filhotes nascem com problemas por conta de cruzamento com cães não saudáveis.

É importante seguir as recomendações médicas para evitar complicações com os filhotes ou com a mamãe. Após o parto, o veterinário irá prever o tempo necessário para que os filhotes estejam amadurecidos o suficiente para que possam ser separados da mãe. Ele também indicará quais as vacinas necessárias e a vermifugação mais adequada.

Jack Russell Terrier Perfil

Fonte: freestocks.org / Unsplash.com

Por que ter um Jack Russell Terrier

O Jack Russell Terrier é companheiro e muito fiel, além de um cão corajoso e independente em muitas situações. Eles também são carinhosos e, na maioria das vezes, obedientes caso recebam carinho e atenção de seu dono, afinal, tudo é uma via de mão dupla.

Além de tranquilos, eles são calmos e não possuem grandes problemas com saúde, com pelos ou alguma outra parte do corpo. Eles também são facilmente adaptáveis, embora prefiram viver em casas ou apartamentos onde possuam espaço para correr e gastar toda a energia que possuem.

Quando amam seus donos, amam de verdade, por isso são verdadeiros cãezinhos protetores e brincalhões. Se você tem familiares animados e está em busca de um cãozinho que seja parecido com eles, o Jack Russell Terrier é uma ótima opção. Além disso, se você busca um cachorro inteligente que entenda os seus sinais, esta raça pode ser incrível para você.

Por que não ter um Jack Russell Terrier

O Jack Russell Terrier pode não ser um cachorro de estimação ideal, caso você procure um cão tranquilo e calmo, que não exija muito do seu tempo. Por ser muito enérgico, ele espera que o seu dono vá dedicar tempo para suas brincadeiras, então veja se ele realmente pode ser interessante para você.

Os cuidados com higiene pessoal também não são muito fáceis com cães dessa raça. Banho, escovação de pelos e de dentes podem não ser atividades tranquilas em cães dessa raça. Por serem muito brincalhões, eles não costumam levar muita coisa a sério. Caso você seja uma pessoa um pouco impaciente, melhor escolher outra raça.

Por fim, apesar de adaptáveis, o Jack Russell Terrier prefere lugares amplos. O ideal mesmo é mantê-lo em casas, com grandes quintais e jardins, para que eles tenham espaço para correr e para cavar buracos, coisa que eles gostam muito de fazer. Se você mora em apartamento, talvez seja melhor pensar duas vezes antes de adquirir um exemplar para você.

Preço, como e onde comprar o Jack Russell Terrier

Esse animalzinho pode ser encontrado em lugares especializados, em lojas na internet e também em canis. Os canis são os mais recomendados, pois é conversando pessoalmente com o cuidador que você conseguirá obter o máximo de informações sobre o histórico do cão e do perfil dele.

É muito importante saber tudo sobre o animal que você está levando para criar em casa, pois dessa forma você não ficará surpreso com problemas que ele possa apresentar no futuro. O cão dessa raça pode variar de R$ 3.000 a R$ 7.500.

Não esqueça de perguntar sobre seu histórico, vacinas, além de informações sobre o seu criador. Também não deixe de pedir o histórico médico dos pais do cachorro e informações sobre a gestação da mãe, para que você fique por dentro de tudo sobre o seu pet.

Sempre que possível, adote!