focinho-cachorro-destaque

Você sabia que focinho de cachorro pode revelar muita coisa sobre como o doguinho está?

Pois é!

Essa partezinha tão pequena do corpo do doguinho pode falar muito sobre a saúde e o bem-estar dos nossos aumigos.

Dependendo da aparência e textura dele, por exemplo, você consegue entender se está tudo certinho com o pet.

O focinho tem tanta influência, que as raças de cachorro que possuem “nariz achatado”, que são os cães braquicefálicos, apresentam maior predisposição a doenças como dificuldade para respirar e até roncos.

E aqueles que possuem um focinho de cor clara, como rosa ou marrom claro, precisam de alguns cuidados extras, como o uso de sabonetes hipoalergênicos.

Nesses casos também é importante ficar atento ao uso de protetor solar canino, pois a falta de pigmentação do focinho o torna mais sensível aos efeitos do sol.

Para te ajudar a identificar possíveis problemas no organismo do cachorro através da aparência do focinho, resolvemos escrever esse artigo para te falar tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

É só continuar lendo!

Para você entender o focinho…

Você já sabe que o focinho do dog é parte através da qual ele respira.
Mas existem algumas curiosidades e características dele que você precisa saber antes de falarmos sobre os indicadores de problemas de saúde.

Provavelmente você já tocou no focinho do seu cachorro e sentiu ele geladinho.

Na verdade, isso acontece porque o focinho é úmido e não frio.

Essa característica se dá pelo fato dos cachorros possuírem poucas glândulas sudoríparas, o que os leva a transpirar pelo focinho e pela boca.

Isso também explica o fato dos cachorros ficarem com a boca aberta e respirando de forma ofegante.

Nem sempre isso representa cansaço, muitas vezes o cachorro está eliminando calor através do focinho e da boca para alcançar uma temperatura corporal adequada.

Bom, agora que você já está por dentro de tudo sobre o focinho, vamos às características indicadoras de problema de saúde que esse órgão pode apresentar.

 focinho-cachorro-2

Focinho seco

Esse é uma das mudanças mais comuns que o focinho de cachorro pode apresentar.

Em dias mais frios, você pode observar que o cachorro tenta esconder o focinho, para mantê-lo aquecido e conseguir deixar a temperatura corporal adequada.

Mas em dias mais quentes a história é outra…

Se você tocar no focinho do seu cãopanheiro e ele estiver quente e seco, a primeira coisa que você deve prestar atenção é no clima.

Em dias com pouca umidade e mais quentes é comum o focinho do pet assumir esse aspecto.

Até porque existem diversos outros fatores externos que podem fazer com que o seu cão fique com o focinho seco, como:

• Passar algum tempo próximo a uma fonte de calor;
• Deitar-se ao sol;
• Ficar em um cômodo com pouca circulação de ar.

Você deve começar a se preocupar caso o focinho seco venha acompanhado de outros sintomas e mudanças no comportamento.

Se além da falta de umidade no focinho o cachorro apresentar fadiga, dor e falta de apetite, está na hora de procurar um veterinário para examinar o doguinho e descobrir o que pode estar errado com ele.

Focinho descascando

O focinho descascando pode ser consequência de ressecamento, mas também pode significar excesso de queratina e até cinomose, que é uma doença infecto-contagiosa que afeta filhotes com menos de um ano.

A cinomose é uma doença altamente contagiosa que pode deixar muitas sequelas e até levar à morte.

No caso dessa doença, a característica do focinho descascando pode permanecer por algum tempo mesmo que o cachorro já tenha sido tratado.

É importante lembrar que cachorros idosos estão mais sujeitos a sofrerem com o focinho descascando, então se o seu aumigo já está velhinho, é bom ficar atento!

Existem algumas raças, inclusive, que têm mais tendência a apresentar essa condição, como:

• Boxer;
• Golden Retriever;
• Cocker Spaniel;
• Rotweiller;
• Labrador;
• Beagle;
• Pastor De Shetland.

Caso você perceba que o focinho está começando a ficar muito ressecado, existem algumas medidas que você pode tomar para evitar que ele comece a descamar.

Fique atento ao tempo de exposição do animal ao sol, observe se ele está consumindo água de forma adequada.

É interessante usar óleo mineral com moderação para que o cachorro não fique lambendo e piore o ressecamento, também deve-se evitar o uso de óleos e hidratantes que tenham cheiro.

Procure também não deixar o pet muito próximo a fontes externas de calor, como aquecedores, por muito tempo.

O uso de protetor solar próprio para cães também é uma boa estratégia para prevenir a descamação do focinho do cachorro.

Entretanto, se o problema estiver relacionado ao excesso de queratina, as medidas a serem tomadas são outras.

É necessário fazer a remoção dessa “casca” ressecada que se forma no focinho.

O ideal é levar ao veterinário para que o procedimento de retirada seja feito da forma mais adequada possível.

Mas se você observar que as cascas estão saindo com facilidade, você mesmo pode removê-las em casa, durante o banho.

Só umedeça bastante o focinho com água e sabão de glicerina antes de fazer isso!

 focinho-cachorro-1

Focinho rachado e com feridas

O focinho de cachorro pode rachar e ficar com feridas, podendo haver até sangramentos, quando o quadro de ressecamento e descamação se agrava.

E, quando isso acontece, o doguinho começa a sentir dor.

Aí é que a atuação do veterinário se torna essencial.

Nesse caso só um profissional pode intervir, porque esse quadro pode ser sinal de que o cachorro está com problemas de saúde mais sérios, como:

• Tumores nasais;
• Fungos;
• Sequela de cinomose;
• Lúpus canino.

Outra coisa que exige os cuidados de um veterinário é a secreção nasal presente no focinho do cachorro.

Se a secreção for aquosa e transparente, tudo certo!

Mas se ela apresentar um aspecto espumoso, espesso, com muco amarelo, verde ou até mesmo preto, está na hora de correr para o veterinário!

Bom…

Deu para perceber que o focinho pode indicar muita coisa né?

Então presta bastante atenção em como o focinho do seu doguinho está, para garantir uma ótima qualidade de vida para ele sempre!