poodle

Poucas raças são tão reconhecidas como o Poodle. É um ótimo cão para famílias, a raça se assemelha bastante ao modo como os seus donos se portam no dia a dia. Conheça mais sobre esse cão.

Ficha técnica

• Peso: 2kg a 24kg
• Altura: 24cm a 60cm
• Grupo AKC: Toy
• Grupo CBKC: Grupo 9-Cães de Companhia
• Outros nomes: Caniche, Pudel
• Expectativa de vida: 12 a 17 anos
• Origem: França
• Preço estimado: R$ 800 a R$ 4.000

Histórico

O Poodle é uma das raças mais queridas do brasileiro. Para ser mais preciso, em 2017 foi realizada uma pesquisa e ele foi preferido por 11% das pessoas. Embora seja muito comum encontrá-lo em muitos lares por aqui, foi em outro continente que ele surgiu.

Na verdade, muitas são as histórias da origem do Poodle, e três são os países que defendem serem os responsáveis pelo desenvolvimento da raça: Itália, Alemanha e França. Entre os três, a versão que é mais aceita é a francesa.
A história alemã diz que o animal que conhecemos hoje é resultado da influência dessa parte do continente.
A palavra “Poodle”, por exemplo, vem do termo “Pudel”, que em alemão quer dizer “poça” ou “para espirrar”, fazendo referência às habilidades do cão na água.

Há autores que defendem a teoria italiana, remetendo o animal a região do Piemonte, ao norte do país. Segundo essa versão, essa raça já existia no local há muitos anos, e criadores ingleses acabavam adquirindo o animal antes de regressar à Inglaterra.

Devido às suas características físicas e comportamentais, o animal foi bastante utilizado para funções de companhia, militar, no campo e até mesmo artística nos circos.

Durante o reinado de Luis XV e posteriormente Luís XVI, o Poodle ganhou bastante popularidade não só no palácio como também na aristocracia local. Foi nessa época que o cão começou a ser reproduzido a fim de diminuir o seu tamanho, o que resultou em portes variados do animal.

Com a chegada dos anos 1900, o Poodle passou a ser utilizado em competições e exposições, o que ajudou na sua popularização. Entretanto, a manutenção dele era bastante difícil, o que fez diminuir a população da raça nos anos 20. Na década seguinte o cenário voltou a ser favorável e ele tornou-se uma das raças mais adoradas em todo o mundo.

poodle

Características físicas do Poodle

Por ser muito popular e bastante querido, é muito fácil identificar o Poodle e suas características físicas. Entretanto, como falamos anteriormente, durante a evolução da raça ela adquiriu vários tamanhos, sendo possível encontrar um cão com dois ou três quilos e outro com 24.

Basicamente a raça é dividida em quatro tamanhos: Poodle toy, anão, médio e grande. As características de pelagem se mantêm entre os portes, variando apenas a altura. O toy, menor de todos, tem entre 24cm e 28cm de altura, o anão tem 28cm a 35cm, o médio tem 35cm a 45cm e o grande apresenta 45cm até 60cm de altura.

O pelo do Poodle pode ser cacheado ou encordoado, de aparência fina, parecendo a lã de uma ovelha. Por ser farto, deixa a pelagem dele bastante fofa. A cor pode variar bastante, podendo ser preto, branco, marrom, cinza, abricó e fulvo avermelhado.

Comportamento do seu Poodle

Um dos fatores que contribuem bastante na popularização do Poodle é o seu temperamento. É só você perguntar para quem tem um animal dessa raça quais são as principais características dele que rapidamente irá escutar: companheiro e obediente.

Por esses motivos ele é considerado um excelente cão de companhia, além de ser um bom animal para quem tem crianças em casa. Mas vale ressaltar que algumas características variam de acordo com o porte do animal.

O Poodle toy, por exemplo, é o mais agitado de todos. Se você não quiser ter um animal que vai estar disposto a brincar e correr pela casa o dia todo, talvez seja melhor reconsiderar a ideia de ter um. Já o anão é conhecido por ser dócil e muito obediente.

No geral o Poodle é ativo e gosta sempre de estar na companhia do seu dono, seja em casa ou na rua. Ele também adora atividade física, mas as brincadeiras vão variar de acordo com a raça. Embora o toy seja o menor de todos e o mais agitado, ele não suporta passeios muito longos.

Alimentação do Poodle

Um grande problema em relação ao Poodle é que por ser um cão relativamente mais barato que outras raças, muitas pessoas tendem a não ter muita preocupação com animal, pois acham que ele tem mais facilidade para se adaptar a qualquer tipo de criação.

Entretanto, é preciso lembrar que independente de raça, todos os animais têm as restrições alimentares iguais. E o Poodle não é diferente. É muito importante que o dono saiba o que ele pode ou não comer e qual a melhor ração para cada porte.

Para que o animal cresça saudável, a ração premium é suficiente, principalmente para ficar com a pelagem sedosa e macia. Caso um veterinário específico em alimentação canina cuide do seu animal, é aconselhável oferecer a alimentação natural.

poodle

Cuidados Especiais

O Poodle é uma raça muito popular, e não é difícil encontrar um lar que tenha ele. Entretanto, isso não significa que todos saibam as particularidades e exigências da raça, por isso é sempre bom salientar as principais obrigações que um dono deve ter.

Abaixo daremos algumas dicas do que deve ser feito para seu pet se desenvolver forte e com saúde:

Atenção com o peso do seu Poodle

Justamente por muitas pessoas não se preocuparem com a dieta do animal, não é raro encontrar um cão da raça acima do peso. Além de controlar a quantidade de comida, é preciso saber o que pode ou não ser oferecido para ele, como as frutas proibidas ou não.

Principais problemas de saúde Poodle

Como já falamos nesse texto, o comportamento do Poodle varia de acordo com o tamanho do animal. Além disso, as doenças também podem ser mais fáceis de serem encontradas em um porte ou outro. O ideal é levar ao veterinário para saber as predisposições e o que deve ser feito em relação a isso.

Escove o pelo do Poodle

Por ter uma pelagem encaracolada, muitos donos negligenciam a escovação do Poodle. A tosa também é muito importante para evitar que os fios fiquem presos uns aos outros.

Banho

O Poodle é um cão bastante ativo. Seja em casa ou na rua, é muito fácil que ele se suje. Então o dono deve ficar atento a isso, para que a pele dele não seja prejudicada e, consequentemente, a saúde como um todo.

Atividades diárias

O Poodle é uma raça bastante inteligente, e adora ser estimulado intelectualmente. Além disso, brincadeiras e caminhadas diárias são fundamentais para deixarem o animal saudável.

Curiosidades do Poodle

O Poodle é uma raça muito adorada pelas pessoas e a sua fama é a de que ele é um cão carinhoso, leal e bastante ativo. Assim como as outras raças, ele tem as suas especificidades e curiosidades que só quem cria sabe. Segue abaixo alguns fatos interessantes para que você conheça mais sobre esse animal tão especial.

1. O Poodle grande é o porte mais antigo entre todas as variações da raça. Foi no reinado de Luís XVI que ele começou a ser desenvolvido em tamanhos menores;

2. No ranking das raças mais inteligentes, o Poodle está na segudna colocação, atrás apenas do Border Collie;

3. Uma das versões que conta a origem da raça, a palavra “Poodle” vem do alemão “pudel”, que significa “poça”;

4. A raça apareceu em diversos filmes, incluindo Zoolander, Babe e Edward Mãos de Tesoura;

5. Um Poodle que residia no Alabama, Estados Unidos, viveu até os 27 anos de idade, ou 189 anos humanos;

6. É um cão indicado para quem tem alergias, tendo em vista que ele não solta muito pelo;

7. Muitas referências mundiais já criaram um Poodle, entre eles: Beethoven, Chopin, Winston Churchill, Walt Disney, Elvis Presley, Marilyn Monroe, Rihanna.

Reprodução e filhotes

Assim como outras raças, o cio do Poodle chega um pouco mais cedo, geralmente entre o 6º e 10º mês de vida. Esse período se repete pelo menos duas vezes por ano. No entanto, especialistas indicam que o acasalamento não ocorra sempre que possível.

Caso o tutor queira fazer a reprodução do seu Poodle, é preciso avaliar o estado de saúde e necessidades do seu cão. Como essa raça tem quatro portes diferentes, cada uma vai ter um cuidado específico.

Lembramos que o bem-estar da mãe deve ser respeitado, e a reprodução em excesso pode trazer malefícios à saúde dela. Considerando que todas as condições estejam sendo respeitadas, o macho e a fêmea são levados a um local para que ocorra o acasalamento.

O contato inicial deve ser feito com cuidado e aos poucos, para que os animais não se estranhem. O indicado é que eles fiquem juntos por pelo menos dois dias, para que seja mais fácil calcular a data do possível nascimento dos filhotes.

A fêmea aceita o macho por até uma semana e esse é o período ideal para garantir que o ato ocorra de forma mais garantida.

O período de gestação é o mesmo das outras raças, sendo de 58 a 62 dias aproximadamente. Após os filhotes nascerem, deve ser respeitado o período de 45 dias até que eles sejam separados das mães. Lembramos sempre que deve ser feita a vermifugação e vacinação, para que os novos Poodles cresçam com saúde.

poodle

Por que ter um Poodle

O Poodle é um cão adorável. Primeiramente, é muito fácil encontrar um. Muitas vezes não é preciso nem ir em criadores ou petshops. Esse último ambiente, por sinal, não deve ser visitado por ninguém que queira adquirir um animal de estimação.

Essa raça tem um preço mais em conta se comparada a outros animais, além de não requerer muitas visitas ao veterinário ou petshop. Por apresentar tamanhos variados, o dono pode escolher o que melhor se adequa ao seu estilo de vida.

O Poodle também é indicado para famílias que tenham crianças, jovens e até mesmo outros tipos de animais. Por ser dócil e de fácil adestramento, é possível ensinar truques e regras de comportamento com uma certa facilidade.

Por que não ter um Poodle

Da mesma forma que é uma vantagem o Poodle ter vários tamanhos, isso pode se tornar um problema caso o dono não avalie bem a necessidade de cada porte. Caso uma pessoa não goste de um cão muito agitado, o Poodle toy seria a última opção indicada.

Além disso, por ser uma raça muito inteligente, é preciso que o tutor exercite também a mente do animal, com truques ou adestramento. Além de ajudar na criação, vai deixar o cão mais feliz e saudável.

Por isso, é fundamental que a pessoa tenha tempo para passeios, brincadeiras e os exercícios mentais. Caso o dono viaje muito ou seja muito atarefado, o Poodle pode acabar tendo problemas de saúde por questões emocionais.

Como, onde comprar e o preço

Como falamos anteriormente, uma das vantagens do Poodle é que a sua população é muito grande. Então não é difícil encontrar uma casa onde filhotes tenham acabado de nascer. Por isso muitas vezes nem é preciso desembolsar algum valor para adquirir um.

Mas caso isso seja preciso. a primeira coisa que você deve olhar antes de comprar um Poodle, é procurar boas referências sobre os locais que trabalham com essa raça. Muitos criadores e principalmente petshops se preocupam apenas com a lucratividade da atividade, deixando a saúde do animal em segundo plano.

Busque referência com quem já adquiriu um cão da raça, isso já ajuda bastante. Caso procure anúncios em jornais, revistas ou internet, desconfie de preços e condições fora do normal.

O Poodle é uma raça que tem uma grande variedade de preço, e pode custar de R$ 800 a R$ 4.000, dependendo do canil e porte do animal. Conhecer as características dos pais e dos filhotes é muito importante para saber possíveis comportamentos ou traços físicos do Poodle…

Quando for visitar o local que deseja obter o cão, vá com o máximo de informações possíveis sobre a raça, como tamanho, peso, cores, características do focinho, rabo, dentes, e faça perguntas para avaliar se o proprietário tem conhecimento sobre esses quesitos.