lulu

É um cão lindo, fofo, alegre, fofo, muito ativo, fofo, inteligente e mais fofo. Mas saiba que cuidar de um anãozinho desse não é uma tarefa muito fácil. Vamos conhecer um pouco mais sobre esse cãozinho que se tornou tão famoso nas redes sociais.

Ficha técnica:

• Peso: 2kg a 4kg
• Altura: 20cm a 26cm
• Grupo AKC: toys
• Grupo CBKC: 5 – Cães de tipo Spitz e de tipo Primitivo
• Outros nomes: Spitz Alemão Anão
• Expectativa de vida: 12 a 16 anos
• Origem: Alemanha
• Preço estimado: R$2.000,00 a R$10.000,00

Histórico

O Lulu da Pomerânia, como é mais conhecido o Spitz alemão anão, é uma raça que vem ganhando uma popularidade recente no Brasil. Originária da Alemanha, essa raça mudou um pouco de característica ao longo dos anos. Há muito tempo atrás esse cãozinho era utilizado para puxar trenós, pois ele era bastante ágil e forte (os spitz tinham em média 12kg a 13kg, bem mais pesados que os de hoje em dia).

Por ser muito usado também para caça e como cão de companhia, muitas famílias possuíam um Lulu como membro das residências. A raça se espalhou pela Europa e em cada lugar acabou adquirindo um padrão específico. Mas foi na Pomerânia que ela ficou do tamanho que hoje é mais conhecida.

Assim como diversas outras raças, a responsável por aumentar a popularidade do Spitz alemão anão foi a rainha Vitória. Em uma viagem à Itália ela tomou conhecimento desses animais fofos e adoráveis, e acabou levando uns exemplares para o seu reino.

Os dela ainda eram um pouco maiores que os de hoje em dia, mas isso não a impediu de se encantar por eles. Foi inclusive na Inglaterra que o termo “Lulu” passou a ser empregado para se referir a esse animal, pois até então outras nomenclaturas eram utilizadas.

Com o tempo, as pessoas começaram a criar a raça e fazer a reprodução com a intenção de diminuir o tamanho padrão. Em 1888 a AKC reconheceu o Lulu da Pomerânia como uma raça oficial, o que ajudou a difundir ainda mais a sua popularidade no continente americano.

lulu pomerania 01

Características físicas do Lulu da Pomerânia

Poucos cães conseguem ser tão fofos quanto o Lulu. Não basta ele ser bastante peludo, mas o seu tamanho, aliado ao seu olhar encantador, fazem dele uma atração a parte. Sua variedade de cores também chama muita atenção, pois pode ser preto, branco, marrom, laranja e cinza.

Seu corpo é bem compacto e com um dorso profundo, dando uma boa postura ao animal. Seu rabo é bem peludo e bem enrolado. Suas patas são bem curtas, o que deixa seu andar parecendo mais um desfile. Sua altura e peso não variam muito, inclusive entre os machos e fêmeas.

Eles podem ter de 2kg a 4kg, e 20cm a 27cm de altura na cernelha. Seus olhos e orelhas são bem curtos, assim como seu focinho. Sua pelagem apresenta duas camadas, o que dá um grande volume (e trabalho para o dono).

Comportamento do seu Lulu

É um cão lindo, fofo, alegre, fofo, muito ativo, fofo, inteligente e mais fofo. Mas saiba que cuidar de um anãozinho desse não é uma tarefa muito fácil. É aconselhável que ele seja adestrado desde cedo para se acostumar com pessoas estranhas e com outros animais.

Por ter sido usado por muito tempo como um cão para proteger a casa (não pelo tamanho, mas por ser alerta e latir muito) ele acabou se tornando muito protetor por natureza. Então por mais que ele seja carinhoso e atencioso com seus donos e familiares, pode acabar se tornando um pouco arredio com quem não está acostumado a conviver.

Seu tamanho às vezes engana, e não ache estranho se encontrar algum Lulu latindo para algum cão bem maior que ele. Mas não se preocupe, pois, essa raça está na 23ª posição no ranking das mais inteligentes e responde a comandos com uma certa facilidade.

O que deve ser feito é um treinamento desde filhote, com comandos simples e uma evolução constante, dessa forma seu Lulu vai crescer com um comportamento adequado para viver em harmonia com todos.

Alimentação do Lulu da Pomerânia

Por ser um animal de pequeno porte, não é preciso oferecer uma grande quantidade de comida. É importantíssimo sempre alimentá-lo com ração de alta qualidade, para que sua saúde não apresente grandes problemas.

Por ser um animal que tem muito pelo, a escolha da ração também vai interferir nas características da pelagem. Então se você deseja que seu Lulu tenha a fofura e volume comum à raça, invista numa ração de qualidade. Em média é indicado meia xícara dividida em duas refeições ao longo do dia.

Mas lembre-se de nunca deixar o pote de ração sobrando ou com alimento em grande quantidade. O seu animal deve entender que tem a hora certa para comer, além de que comida em excesso pode acarretar problemas com peso.

Para saber melhor a quantidade ideal para o seu mascote, leve-o ao seu veterinário (preferencialmente especialista em Lulus) que ele vai saber indicar com precisão a quantia certa.

lulu pomerania

Cuidados Especiais

Quando vamos escolher uma raça, devemos ter em mente que cada uma possui suas necessidades específicas. São cuidados que devemos ter e que vão ser fundamentais para que nosso cãozinho tenha uma boa saúde.

Essa preocupação vale tanto para cuidado físicos, como atenção com os pelos, dentes, peso, mas também se estende às atividades físicas e características comportamentais.

E com o Lulu da Pomerânia não é diferente. Por ser uma raça que até pouco tempo não era muito conhecida, muitas pessoas (até donos) continuam com algumas dúvidas em relação à criação.

Por essa razão, vamos falar um pouco mais sobre os cuidados especiais que devemos ter com essa raça.

Cuidado com a hora do passeio

Por ser uma raça que não se dá bem com alta temperatura, procure passear com seu Lulu nas primeiras horas da manhã ou a partir do fim da tarde. Isso permite que ele aproveite melhor a atividade e não se canse muito. Passeios de intensidade moderada são o suficiente para deixar seu animal saudável, além de brincadeiras ao longo do dia.

Faça atividades físicas e mentais

Ele pode não aguentar muita atividade física, mas sempre vai estar alerta para brincadeiras e qualquer desafio mental que apareça. Então procure ensinar alguns truques, pois é até uma forma de deixar seu animal mais educado. Quando é deixado de lado ou não é levado para passear com frequência, o Lulu pode se tornar um cão estressado e que late muito. Então não poupe esforços para deixar seu animal satisfeito, pois isso pode interferir diretamente na sua vida.

Tosa

Muitas pessoas têm muitas dúvidas quanto à tosa dessa raça. O indicado é fazer apenas a tosa higiênica, que é aquela feita nas patas e nas áreas intimas. Outra atividade que deve ser feita com regularidade é a escovação, pelo menos duas vezes por semana. Isso evita a queda excessiva e os nós.

Banho

O banho não precisa ser dado com muita frequência, apenas quando achar necessário. O que pode ser feito na própria residência é a higienização através de panos úmidos, principalmente após os passeios.

Principais doenças

Luxação da patela é uma das doenças mais comuns à raça. Problemas oculares também podem aparecer, então fique atento sempre ao seu animalzinho e procure um veterinário caso perceba algum comportamento estranho.

Curiosidades do Lulu da Pomerânia

O Lulu é uma raça muito adorada pelas pessoas, e a sua fama é a de que ele é um cão carinhoso, companheiro e muito inteligente. Assim como as outras raças, ele tem as suas especificidades e curiosidades que só quem cria sabe. Segue abaixo alguns fatos interessantes para que você conheça mais sobre esse animal tão especial.

1. Um dos filhotes mais caros: Sim, se você deseja ter um Lulu, saiba que vai ter que desembolsar um bom valor. Filhotes dessa raça podem custar de 2 mil a 10 mil reais.

2. O cachorro mais fofo do mundo é um Lulu da Pomerânia: Se você pesquisar sobre o cãozinho Boo, vai achar um perfil de Instagram com mais de 17 milhões de seguidores.

3. Isaac Newton tinha um lulu da Pomerânia: Talvez por isso a raça seja tão inteligente. Ou será que Newton foi tão inteligente por conta do cão? Jamais saberemos.

4. Famoso na casa branca: O Ex-Presidente americano Theodore Roosevelt tinha um lulu.

5. Lembra do Titanic? Pois fique sabendo que apenas dois lulus e um outro cão de raça não identificada foram os únicos animais a sobreviverem ao naufrágio.

lulu pomerania 2

Reprodução e filhotes

É preciso ter muito cuidado com um recém-nascido do Lulu da Pomerânia, pois seus filhotes são muito pequenos. Quanto maior for a ninhada, menores serão os filhotes, e o normal é que a fêmea tenha no máximo quatro crias.

Por ser muito pequeno, o indicado é um acasalamento a partir do terceiro cio da fêmea, e isso ocorre após o 18º mês de vida. A partir disso ela está apta a cruzar uma vez por ano, ou seja, alternando os cios.

Para saber se a fêmea está disposta a reproduzir com um macho, fique atento a sinais de comportamento do animal, como colocar a cauda para o lado ao ser acariciada. Os animais devem ficar juntos por poucos dias, no máximo 3, e a gestação dura em torno de 2 meses.

Quando for escolher os lulus que vão acasalar, seja responsável e opte por cães com boas características genéticas e comportamentais, pois isso vai ajudar a manter o padrão da raça.

Por que ter um Lulu da Pomerânia

Essa é uma raça ideal para quem deseja ter um cão inteligente, companheiro, fiel, carinhoso e corajoso. É muito protetor com os seus donos, por isso muitas famílias ainda utilizam essa raça como proteção para residências.

Quando treinado desde cedo, se dá bem com crianças, adultos e idosos, além de ter um bom relacionamento com outros animais.

Por ser pequeno e não aguentar muito exercício, é ótimo para quem mora em casa pequena e não tem muito tempo para sair por longos períodos do dia. Isso não quer dizer que passeios não sejam obrigações diárias.

Por que não ter um Lulu da Pomerânia

Vamos começar falando do preço, não é? Um cão que pode custar até 10 mil reais não é lá muito fácil de se comprar. Passada essa fase dolorosa, tem os cuidados especiais com a pelagem, pois para ter aquele volume e fofura é preciso ter bastante atenção.

É um pouco teimoso e de personalidade forte, então se não for bem treinado desde cedo pode apresentar comportamento arredio com outras pessoas e animais. Muitos donos se dão ao luxo de sair poucas vezes com seu cãozinho, mas isso pode gerar um animal estressado e que late muito.

Preço, como comprar e onde

Esse é um detalhe que toda pessoa deve ter bastante atenção quando pretende adquirir raças pouco conhecidas ou que não se adaptam a qualquer ambiente. Por ser um cão que não se dá muito bem a lugares muito quentes, não espere encontrar a raça em qualquer região do Brasil.

Por essa razão, o mais comum é que a internet seja o meio mais utilizado para que muitos donos encontrem o animal desejado. E é exatamente aí que está um grande problema. Primeiramente, é um investimento muito alto para ser feito sem conhecer diretamente o criador e o local onde o filhote vive. Por isso, antes de comprar um Lulu, busque referência com pessoas que já têm um.

Um cão da raça pode custar de 2 mil a 10 mil reais, e o valor varia de acordo com o canil, linhagem dos pais e características do filhote.

Procure reunir o máximo de informações possíveis para questionar a pessoa ou local que está vendendo o animal. De preferência fuja dos petshops, pois eles se preocupam apenas com a lucratividade e não com a evolução da raça.

Não se esqueça de verificar vacinas, vermífugo e temperamento do animal.