Golden-Retriever

O Golden Retriever é bastante carinhoso, companheiro, doce e gentil. Essas características se completam ao cão de porte musculoso, e torna ele um dos principais cães de companhia. Vamos conhecer um pouco mais sobre esse cãozinho.

Ficha técnica:

• Peso: 23kg a 33kg
• Altura: 50cm a 62cm
• Grupo AKC: Esportistas
• Grupo CBKC: Grupo 8
• Outros nomes: Golden
• Expectativa de vida: 10 a 12 anos
• Origem: Inglaterra
• Preço estimado: R$1.200,00 a R$ 4.500,00

Histórico

O Golden Retriever é uma das raças mais adoradas atualmente, e a cada ano que passa ela fica mais popular entre as famílias. A sua origem se deve ao cruzamento de dois cães, um macho Retriever e uma fêmea Tweed Water Spaniel, raça já extinta.

O responsável por desenvolver o Golden foi  Lord Tweedmouth, que vivia na Escócia por volta dos anos 1800. Ele era um nobre bastante conhecido na região, e uma das suas atividades favoritas era buscar o cão perfeito para a atividade de caça.

Para ele, o cão ideal deveria ser ágil, suportar as águas frias, enfrentar a vegetação densa e ajudar a pegar as presas abatidas. Além disso, era preferível que o animal também fosse caninhoso e companheiro com os componentes da família, tendo e vista que ele ficaria muito tempo em casa.

Logo de início o tom dos pelos eram predominantemente dourados, o que contribuíu para que o nome da raça fosse Golden Retriever, sendo registrada e aceita pelas associações em 1912.

Foi no início dos ano 1900 que os cães de Lord Tweedmouth chegaram à América após os filhos do nobre virem visitar o continente. E não demorou para que ele se tornasse popular, com uma reprodução selecionada a partir de cães com as características originais da raça (agilidade, força e companheirismo).

dog-2697985_960_720

Características físicas do Golden Retriever

O Golden Retriever é um cão com características físicas bem reconhecidas. Por mais que uma pessoa não entenda muito de animais, ela consegue identificar um animal da raça.

Sua marca é a pelagem dourada e brilhante (quando bem cuidada) em todo o corpo. O focinho é alongado, além de ter uma mandíbula bastante forte e olhos escuros mais afastados.

A pata é levemente arredondada e bastante forte. Por ser um cão bastante imponente, muitas vezes o animal não tem noção da própria força. Seus membros são musculosos, com um dorso reto e quadril curto.

Em relação ao peso, o Golden pode ter entre 23kg e 33kg variando de acordo com o sexo. A altura também depende disso, podendo ser entre 50cm e 62cm. É claro que a alimentação e atividade física também serão determinantes, mas um animal saudável vai apresentar as características citadas acima.

Comportamento Golden Retriever

Quem já teve ou tem um Golden não consegue descrever em palavras como é o comportamento desse animal. Mas quando a pessoa passa cinco minutos com ele, consegue descobrir.

O Golden Retriever é bastante carinhoso, companheiro, doce e gentil. Essas características se completam ao cão de porte musculoso, e torna ele um dos principais cães de companhia. Por essas razões ele muitas vezes é escolhido como cão guia para cegos.

Embora seja muito delicado, é indicado que desde os primeiros meses de vida seja iniciado o processo de adestramento, sempre com muita paciência. Isso vai contribuir para que ele cresça e apresente as características citadas acima.

O Golden é tão afetuoso (inclusive com estranhos) que muitos animais dessa raça são utilizados em programas sociais, sendo levados para visitas em hospitais, orfanatos e locais com pessoas em situações delicadas.

Importante salientar que essa raça foi desenvolvida para auxiliar na caça, então é bom saber que esse cão tem muita energia. Ele adora longos passeios e fica bastante agitado se isso não acontecer.

puppy-1207816_960_720

Alimentação do Golden Retriever

Por ser um animal de grande porte, é preciso oferecer uma quantidade de comida maior do que para outros cães. É importantíssimo sempre alimentá-lo com ração de alta qualidade, para que sua saúde não apresente grandes problemas.

Por ser um animal que tem muito pelo, a escolha da ração também vai interferir nas características da pelagem. Então se você deseja que seu Golden tenha a fofura e volume comum à raça, invista numa ração de premium ou super premium.

Mas lembre-se de nunca deixar o pote de ração sobrando ou com alimento em grande quantidade. O seu animal deve entender que tem a hora certa para comer, além de que comida em excesso pode acarretar problemas com peso.

Para saber melhor a quantidade ideal para o seu cão, leve-o ao seu veterinário que ele vai saber indicar com precisão a porção certa.

Cuidados Especiais

Quando vamos escolher uma raça, devemos ter em mente que cada uma possui suas necessidades específicas. São cuidados que devemos ter e que vão ser fundamentais para que nosso cãozinho tenha uma boa saúde. Essa preocupação vale tanto para cuidado físicos, como atenção com os pelos, dentes, peso, mas também se estende às atividades físicas e características comportamentais.

E com o Golden Retriever não é diferente, pois a raça tem características muito particulares. Por essa razão, vamos falar um pouco mais sobre os cuidados especiais que devemos ter com essa raça.

Bastante exercício físico

Os Goldens foram desenvolvidos para ajudar na caça e atividades que exigiam mais do seu porte físico. Então quem adquire um animal da raça deve ter em mente que vai ser preciso gastar bem a energia do cão.

Caso ele viva em uma casa ou pratique exercícios ao ar livre diariamente, os passeios podem ser mais curtos. Mas se ele morar em um apartamento, o ideal é caminhar por aproximadamente 20 a 30 minutos pelo menos duas vezes ao dia.

Se isso não for feito, o animal pode ter problemas de saúde, tanto no aspecto físico quanto no mental. Então para que isso não ocorra, é bom o dono reservar um tempinho para o seu animal de estimação.

Escovação diária dos pelos

Se você não tem paciência para escovar um animal todos os dias, infelizmente o Golden não deve ser seu animal de estimação. Essa atividade é importante por vários motivos.

Além de evitar que os pelos caiam no chão e fiquem espalhados por todos ambientes, escovar também ajudar a deixar a pelagem lisa e desembaraçada.

Atenção aos ouvidos do animal

Golden adora água, e toda vez que ele tiver a oportunidade de se jogar em qualquer canto molhado, tenha certeza que isso será feito. Isso pode acabar acumulando água nos ouvidos, o que pode acarretar em infecções ou problemas maiores.

Então procure enxugá-lo bem sempre depois de um banho de mar, piscina ou mesmo em casa.

Escovação e unhas

Essas suas duas atividades que muitas pessoas esquecem de fazer com seus animais, mas que se não forem feitas no Golden, pode acabar trazendo algum tipo de problema.

Por serem ativos e alegres, os Goldens  podem acabar machucando as pessoas com suas unhas se elas não forem cortadas. O ideal é que isso seja feito pelo menos duas vezes por mês.

A escovação dos dentes também deve ser frequente, principalmente porque isso evita problemas como problemas na gengiva e mau hálito. Veterinários indicam que uma a duas vezes por semana já ajuda bastante a prevenir.

Espaço físico

Por mais que essa raça seja bastante apreciada pelas pessoas, é fundamental que o interessado pelo cão avalie bem se o porte do animal se enquadra no ambiente que ele vai viver.

O Golden além de ser grande, é muito ativo e gosta de lugares com bastante espaço. Então o ideal é que ele viva em locais onde possa caminhar e se movimentar livremente.

Caso ele fique em espaços reduzidos, pode acabar desenvolvendo problemas nervosos e ficando com a personalidade alterada, além de ficar acima do peso. Para evitar isso, é indicado gastar a energia do cão com o máximo de atividades possíveis, longas caminhas várias vezes ao dia.

Principais doenças

É muito comum encontrar Golden com displasia do cotovelo e displasia da anca, então é muito importante que o dono fique atento aos ambientes que o animal caminha (piso escorregadio ou escadas).

puppy-2645981_960_720

Curiosidades do Golden Retriever

O Golden Retriever é uma raça muito adorada pelas pessoas, e a sua fama é de um cão muito dócil, companheiro e que gosta bastante de brincar. Assim como as outras raças, ele tem as suas especificidades e curiosidades que só quem cria sabe. Segue abaixo alguns fatos interessantes para que você conheça mais sobre esse animal tão especial.

1. São cães muito sensíveis: embora tenham muita força na mandíbula, o Golden consegue carregar ovos na boca sem quebrá-los;

2. Liberty era o nome do Golden que vivia na Casa Branca no mandato do presidente Gerald Ford;

3. Uma ninhada de Golden geralmente varia de seis a oito filhotes;

4. Devido as suas características, é uma das raças preferidas para ser cão-guia, de terapia, busca ou resgate;

5. Existem três tipos de Golden: americano, britânico e canadense.

Reprodução e filhotes

Reproduzir Goldens se tornou o objetivo de diversos canis ao redor do país. Vale salientar que por mais que várias pessoas trabalhem com essa raça, isso não quer dizer que elas sejam especialistas.

A primeira coisa a ser feita é examinar, tanto macho quanto a fêmea, para analisar se algum dos animais tem alguma doença ou qualquer disfunção que possa comprometer a saúde da ninhada.

Como falamos anteriormente, essa raça tem predisposição a várias patologias, então identificar qualquer problema antes do acasalamento é um ato de responsabilidade no desenvolvimento da raça.

Se a saúde dos animais estiver boa, é o sinal de que a reprodução pode ser feita. Mas para que isso seja feito, é necessário ter atenção especial a fêmea, pois a idade mínima recomendada para ela cruzar é de dois anos.

Tanto antes quanto após o nascimento dos filhotes, é imprescindível que a fêmea tenha uma boa alimentação. Isso vai ser fundamental para que ela se recupera bem durante todo o processo.

A ninhada geralmente nasce em grupo de seis a oito filhotes, por essa razão muitos criadores vêm nessa raça uma boa fonte de lucro.

Por que ter um Golden Retriever

Essa é uma raça ideal para quem deseja ter um cão inteligente, companheiro, fiel, carinhoso e dócil. É um animal apegado aos seus donos, mas se relaciona muito bem com estranhos. Quando treinado desde cedo, se dá bem com crianças, adultos e idosos.

Pode acabar tendo problemas com outros cães devido à necessidade de se impor no ambiente, mas nada que um treinamento bem feito não dê jeito. Para quem gosta de atividades físicas ou mora em lugar com muito espaço, o Golden é o animal ideal.

Por que não ter um Golden Retriever

Por mais que essa seja uma raça maravilhosa e apresente muitas vantagens, é muitos pontos negativos em ter um Golden. O mais importante é se o dono não tiver tempo para dar atenção ao animal, principalmente se ele mora em lugar com pouco espaço.

Como falamos anteriormente, o Golden é muito ativo e precisa gastar a energia acumulada. Então o dono precisa ter tempo e disposição para fazer longas caminhadas pelo menos duas vezes ao dia.

Além disso, é preciso ter cuidado ao escovar o pelo e nas doenças que ele tem pré-disposição. Por isso algumas visitas ao veterinário elevam um pouco o custo de vida do animal. A quantidade de ração e a qualidade dela também encarem o custo de vida dele, então é bom reservar um dinheirinho a mais no fim do mês.

Como, onde e qual o preço

Toda pessoa deve ter bastante atenção quando pretende adquirir raças muito conhecidas e que têm um custo mais elevado se comparada a outros cães. Como falamos anteriormente, a boa fama do Golden Retriever aumentou muito sua popularidade nos últimos anos.

O comum é que a internet seja o meio mais utilizado para que muitos donos encontrem o animal desejado. E é exatamente aí que está um grande problema. Primeiramente, é um investimento muito alto para ser feito sem conhecer diretamente o criador e o local onde o filhote vive. Por isso, antes de comprar um Golden Retriever, busque referência com pessoas que já têm um.

Pergunte onde elas adquiriram o animal e peça indicações, pois um cão da raça pode custar de R$ 1.200,00 a R$ 4.500,00, e o valor varia de acordo com o canil, linhagem dos pais e características do filhote.

Quando chegar ao canil ou em qualquer outro lugar, questione sobre a hereditariedade do filhote. É indicado saber se os pais tinha doenças, como era o comportamento deles e qualquer outra informação útil.

Procure reunir o máximo de dados possíveis para questionar a pessoa ou local que está vendendo o animal. De preferência fuja dos petshops, pois eles se preocupam apenas com a lucratividade e não com a evolução da raça.

Caso tenha mais de um canil especializado em criar Goldens, visite todos, até que sitna segurança na aquisição.