dogue alemão sentado

O Dogue Alemão é um cachorro que não faz jus a sua fama de agressivo, pois é extremamente carinhoso, leal e dócil com o dono e a sua família. Uma das suas características mais famosas é o seu tamanho, sendo considerado o segundo maior cachorro do mundo, com 1,12 m de altura. Continue lendo para conhecer mais sobre esse cão tão adorável.

Ficha técnica

• Peso: 50 kg a 70 kg
• Altura: 72 cm a 80 cm
• Grupo AKC: –
• Grupo CBKC: Grupo 2
• Outros nomes: Deutsche Dogge, Dinamarquês, Great Dane, Grande Dinamarquês
• Expectativa de vida: 7 a 10 anos
• Origem: Alemanha
• Preço estimado: R$ 2.000 a R$ 5.000

Histórico do Dogue Alemão

Tudo indica que a origem do Dogue Alemão está ligada aos grandes Molossos da Antiguidade. Em 3.000 a.C e nos templos da Babilônia, algumas civilizações faziam desenhos de cachorros semelhantes ao Dogue Alemão.

Durante a Idade Média, os cães grandes do tipo Dogue tinham como destino fazer companhia e guardar os castelos.

Após passar por muitos cruzamentos com raças como Lebréus, eles começaram a desenvolver as características físicas atuais. No final do século XVIII, a raça iniciou a criação na Alemanha, por isso o nome “alemão” foi adotado. Enquanto isso, os ingleses nomearam a raça de Great Dane, ou seja, Grande Dinamarquês.

O Dogue Alemão era chamado de Cão de Caça de Javalis, pois essa era a sua função – inclusive, suas orelhas eram cortadas para impedir que os animais as rasgassem com as presas.

O nome de Grande Dinamarquês surgiu quando um naturalista francês viajou para o país e viu um exemplar semelhante ao Galgo. Ele criou, então, esse apelido. Em 1880, os criadores da raça fizeram uma reunião em Berlim e se creditaram como os responsáveis por refinar a raça e transformá-la em um cão mais equilibrado, calmo e elegante. O antigo Dogue Alemão tinha a personalidade agressiva e feroz por conta da criação de caçar javalis.

O Great Dane Club of America foi fundado em 1889, e é o quarto clube autorizado da raça a se juntar ao American Kennel Club (AKC).

Características físicas do Dogue Alemão

Você sabia que um dos maiores cachorro do mundo é um Dogue Alemão? Ele mede 1,12 de altura! Com o peso médio entre 50 e 70 kg, é preciso ter cuidado com os abraços dele, pois são capazes de derrubar até mesmo uma pessoa adulta.

A pelagem do Dogue é curta, grossa e brilhante, facilitando assim a limpeza. O corpo é musculoso e forte, enquanto suas pernas são quase sempre retas. A cauda do Dogue Alemão é fina na ponta e larga na base.

O AKC indica mais de 15 cores diferentes de pelos do Dogue, mas apenas nove são considerados padrão: tigrado, castanho amarelado, merle, branco, preto e branco, preto, azul, arlequim e mantado.

dogue alemão deitado

Comportamento do Dogue Alemão

O Dogue Alemão tem uma fama injusta de cão agressivo, mas a verdade é que ele é um amigão do dono e da sua família, só usando a sua força quando for completamente necessário. Ele aprendeu a se manter calmo e equilibrado nas mais diversas situações, por isso, quando um Dogue Alemão perde a tranquilidade, é porque algo realmente não está certo.

O pet é muito leal, amigável e dócil com as pessoas, e não aguenta ficar sozinho – ele é tão sensível que sente falta do amor e do carinho do dono. O Dogue Alemão não é de latir, a não ser que sinta algum tipo de perigo. Uma das suas maiores características é a inteligência e o bom humor, gostando sempre de brincadeiras com a família.

O Dogue deve estar com um dono que entenda a sua personalidade sensível e sociável, afinal, é um temperamento que pode ser considerado como carente por algumas pessoas.

Alimentação do Dogue Alemão

Como todo animal, a alimentação do Dogue Alemão deve ser feita de acordo com as necessidades nutricionais da raça, levando em conta diversos fatores, como o tamanho e energia gasta durante o dia.

É recomendado uma ração Premium ou Super Premium. Lembre-se de que cachorros de grande porte consomem rações large breed. Até o primeiro ano de vida, o Dogue Alemão é considerado filhote. Nessa fase, a quantidade de ração varia de 95 a 400 gramas por dia.

A partir dos doze meses, ele é considerado adulto e a quantidade da sua ração deve ser entre 350 e 560 gramas por dia.

A água deve ser fresca, limpa e estar sempre disponível para o pet. Organize uma rotina saudável para ensinar o Dogue Alemão a obedecer ordens e horários!

Cuidados especiais com o Dogue Alemão

Cada raça tem as suas necessidades específicas, e não é diferente com o Dogue Alemão. São cuidados particulares que os donos precisam ter com os bichos e que são essenciais para que eles mantenham uma boa saúde.

Tópicos como exercícios físicos, saúde e limpeza serão abordados abaixo, mas lembre-se da importância de ir ao médico veterinário para manter a orientação correta para o seu bicho.

A saúde dos cãezinhos é muito importante e não deve ser deixada para depois!

dogue alemão na grama

Exercícios físicos

O Dogue Alemão adora a interação humana, seja para brincar, passear pela vizinhança ou até mesmo correr. É essencial que o dono tenha disposição para exercitar o bicho, pois os exercícios são fundamentais para o seu bem-estar.

Ele é muito resistente e gosta de fazer caminhadas longas de até 90 minutos, por isso, não deixe de oferecer esse lazer para ele!

Saúde

O Dogue Alemão é bastante resistente e forte, mas tem uma predisposição em comum com outros cachorros de grande porte: torção gástrica, um tipo de torção no estômago que causa compressão da circulação do cachorro. A melhor maneira de evitar a torção é uma alimentação saudável e evitar que o cão beba água, pule ou corra depois de comer.

Limpeza

Os pelos do Dogue Alemão devem ser escovados com uma escova de cerdas macias ou com uma luva de borracha, enquanto que o seu banho é, definitivamente, uma tarefa difícil, mas não impossível.

Escove os dentes do seu cachorro pelo menos duas ou três vezes por semana, a fim de remover a formação de tártaros e bactérias, além de prevenir o mau hálito e doenças bucais.

É recomendado aparar as unhas uma ou duas vezes por mês, mas cuidado para não cortar demais e causar sangramentos!

Curiosidades do Dogue Alemão

O Dogue Alemão é um dos cachorros mais conhecido pelas pessoas do mundo inteiro e é amado pelo seu tamanho e por sua sensibilidade!

Como os outros cãezinhos, ele possui suas próprias curiosidades. Segue abaixo alguns fatos interessantes para você conhecer mais ainda esse pet tão amigável.

1 – O Dogue Alemão mais famoso de todos os tempos é o personagem de quadrinhos, Scooby-Doo.

2 – O Brasil é o segundo país com o maior número de Dogues Alemães, ficando atrás apenas para os Estados Unidos.

3 – O Dogue Alemão é considerado o segundo maior cachorro do mundo, com 1,12 metros de altura e ficando atrás apenas do Wolfhound Irlandês.

4 – Durante a Idade Média, as pessoas acreditavam que o Dogue Alemão possuía poderes místicos de afastar os maus espíritos.

5 – Algumas das celebridades que caíram nas graças do Dogue Alemão: Cameron Diaz, Lady Gaga, Kendall Jenner e Bruce Lee.

Reprodução e filhotes

Assim como todas as outras raças, o Dogue Alemão possui tendências a algumas doenças, mas isso não é motivo para o dono se preocupar. Todo bom criador afasta da reprodução os cães com problemas hereditários, ou seja, só serão reproduzidos filhotes inteiramente saudáveis.

É recomendado que se adquira o cão desses criadores específicos que passem confiança.

Uma dica para localizá-los é checar o ranking de criadores da CBKC ou procurar o Kennel Club mais próximo. O cuidado mais importante é saber da hereditariedade do cão e se seus pais não desenvolveram nenhuma doença que pudesse passar para ele através da genética.

Não apoie as fábricas de cachorros, pois elas financiam os abusos e os maus tratos, além de não se preocuparem com o bem-estar do bicho. Sempre que possível, adote! Para saber mais sobre adoção, continue lendo até o final.

O filhote do Dogue Alemão precisa de 1 hora e meia de exercícios diários, além de três refeições por dia até os cinco meses de vida. Não se esqueça de que ele nunca pode ingerir ração de cachorro adulto, pois é muito forte para ele. O Dogue necessita de ração específica para filhotes de raças grandes!

dogue alemão filhote

Por que ter um Dogue Alemão

Como você viu, o Dogue Alemão precisa de exercícios físicos para manter a saúde física e mental em dia. Se você gosta de pets sociáveis, dóceis, gentis e carinhosos, o Dogue Alemão é perfeito para você.

O Dogue Alemão se dá bem com crianças, pois é muito brincalhão, mas é preciso ter cuidado com as crianças pequenas, já que ele esquece que é grandão e podem machucar as crianças.

Eles vivem bem melhor em casas, justamente por conta do tamanho, e não dão trabalho em relação aos latidos, pois eles não latem muito.

Além disso, se dá muito bem com pessoas que apreciam sua companhia e sabem lidar com a sua personalidade. Se você tem interesse em um cachorro amoroso e que é amigável com outros animais, adote um Dogue Alemão!

Por que não ter um Dogue Alemão

O Dogue Alemão precisa de tempo, dedicação e carinho do seu dono, portanto, caso você não possua algum desses requisitos, é mais recomendado procurar uma outra raça que combine mais com a sua personalidade.

Além disso, ele não se adequa tão bem a apartamentos, pois precisa de espaço para brincar e crescer da forma mais saudável possível.

Preço, como e onde comprar

Como você viu, o Dogue Alemão tem um histórico diferente das demais raças. O preço médio do cão é de R$ 2.000 a R$ 5.000, o que o torna um cachorro de custo mais elevado.

Embora seja uma faixa de preço aceitável para algumas pessoas, ele pode acabar custando mais dependendo do canil e da criação dos pais do filhote. Existem vários canis que possuem a raça, basta pesquisar na internet.

Caso você prefira adotar, fique atento aos abrigos de todo o Brasil, pois o Dogue Alemão está presente em vários lugares do país.

De qualquer forma, lembre-se de pesquisar sobre a origem e a família do pet, para ter a garantia de que é a raça pura e saudável. Muitos criadores irresponsáveis só se importam com o lucro, portanto, não deixe de perguntar sobre a saúde e o histórico dele.

E lembre-se: sempre que possível, ADOTE!