chow-chow

É um cão lindo, fofo, alegre, inteligente e muuuuito fofo. Mas saiba que cuidar desse cão não é uma tarefa muito fácil. Vamos conhecer um pouco mais sobre esse cãozinho.

Ficha técnica:

• Peso: 20kg a 35kg
• Altura: 45cm a 57cm
• Grupo AKC: Não-esportistas
• Grupo CBKC: 5 – Cães de tipo Spitz e de tipo Primitivo
• Outros nomes: Senghi Quan
• Expectativa de vida: 9 a 14 anos
• Origem: China
• Preço estimado: R$1.800,00 a R$4.000,00

Histórico:

Se você fizer uma lista com as raças mais fofas e belas, tenha certeza que o Chow Chow vai ter que aparecer nela. Essa é um das principais razões que fazem as pessoas escolherem esse cão dentre tantas outras possibilidades. Mas ele não é apenas um animal que atrai por sua beleza, há muito mais por trás de sua história.

O Chow Chow é originário da China e chegou à Europa após a Inglaterra transportar os animais nas suas navegações (muitos eram contrabandeados). No seu país de origem, o Chow Chow tinha várias funções. Ele era utilizado como cão de guarda, de caça, puxador de carroças e trenós, além de fazer companhia para muitas famílias.

Embora fosse bastante útil, havia quem preferisse matar o animal para se alimentar de sua carne, que era bastante apreciada, além de aproveitar a pele para fazer acessórios que protegessem do frio.

Muitos historiadores consideram o Chow Chow umas das raças mais antigas do mundo, pois suas características físicas e genéticas remetem ao lobo cinzento.

Especialistas e estudiosos encontraram diversos desenhos e gravuras que remetem ao Chow Chow em locais onde grupos orientais passaram durante as cruzadas. Isso também contribuiu para mostrar a importância que a raça tinha frente às famílias e sua utilidade para grandes grupos.

Quando chegou à Inglaterra, a raça ganhou uma grande aliada e protetora: a rainha Vitória. Reconhecida por muitos como uma grande amiga dos animais, demonstrou grande interesse em criar o Chow Chow, o que fez aumentar a popularidade do cão na região.

Após ganhar fama na Europa, a raça chegou à América, e foi tão bem aceita que na década de 80 ela passou a ser a 6ª raça mais popular do continente. No Brasil, principalmente nas regiões mais quentes, não é muito comum encontrar pessoas que sejam criadoras, pois os fatores ambientais são fundamentais para garantir uma boa qualidade de vida para o animal.

chow chow

Características físicas do Chow Chow

Você já abraçou o travesseiro mais fofo do mundo? Se ainda não teve essa experiência, saiba que abraçar um Chow Chow é praticamente a mesma coisa. O que mais chama a atenção nele é seu pelo abundante e arrepiado, o que dá um ar de grandiosidade e muito mais volume à sua postura.

Os machos são ligeiramente maiores que a fêmea, o que os tornam também mais pesados. As cores da sua pelagem variam em 5 tipos: Preto, vermelho, acinzentado, fulvo (tonalidade comum à do Pug) e creme.

Fica um pouco complicado perceber as principais particularidades da raça devido à quantidade de pelo que ele apresenta ao longo do corpo, mas se analisado com cuidado e por alguém que entende de animais, é possível perceber o padrão físico.

Sua face parece estar embutida em um mar de pelos, onde as orelhas, pequenas, triangulares e sempre retas para cima, aparecem como um detalhe na cabeça.

Seu focinho é moderadamente alongado e acima deles estão os olhos, escuros, pequenos e um pouco ovais. Seu peitoral é avantajado, seguindo de um dorso mais curto, reto e bem firme, o que lhe dá uma boa postura. Por fim, a cauda, que também apresenta uma boa quantidade de pelos e curva.

Comportamento do seu Chow Chow

Chow Chow é uma raça linda? Sim. Chow Chow é uma raça fofa? Muito. Chow Chow é uma raça fácil de criar? Não. Esperamos que você desista de ter um Chow Chow? Também não. Como sempre falamos aqui, nossa função é alertar sobre todas as características e necessidades específicas de cada raça.

Como falamos um pouco acima, a raça é de origem chinesa e vivia em locais de baixas temperaturas. Sua função era de proteger famílias e caçar, principalmente. Por essa razão, esses se tornaram seus principais traços quanto à personalidade.

Eles se tornaram cães muito fiéis aos donos, guardiões e bastante territoriais. São calmos, tranquilos e às vezes se tornam muito reservados, mas sempre acompanham o dono para onde quer que ele vá.

Por esse carinho e apego a pessoas comuns ao seu convívio, não é difícil ele se tornar um tanto quanto arredio a animais e estranhos. Por isso que especialistas indicam que é fundamental acostumar o filhote desde cedo a conviver com outros bichos e pessoas, para que eles cresçam em harmonia com todas as situações a que sejam impostos.

Ele é muito temperamental e genioso, então não é indicado para donos inexperientes. Caso você já esteja pensando em fazer um adestramento para evitar as situações que citamos acima, saiba que essa tarefa não é impossível, mas muito difícil.

No ranking das raças mais inteligentes, o Chow Chow aparece na 76ª posição de 79 possíveis. Mas nada que carinho, atenção e persistência não contribua para um cão bem-educado.

Alimentação do Chow Chow

Por ser um animal de médio porte, não é preciso oferecer uma grande quantidade de comida. É importantíssimo sempre alimentá-lo com ração de alta qualidade, para que sua saúde não apresente grandes problemas.

Por ser um animal que tem muito pelo, a escolha da ração também vai interferir nas características da pelagem. Geralmente, são indicadas duas porções de comida ao longo do dia.

Mas lembre-se de nunca deixar o pote de ração sobrando ou com alimento em grande quantidade. O seu animal deve entender que tem a hora certa para comer, além de que comida em excesso pode acarretar problemas com peso.

Para saber melhor a quantidade ideal para o seu mascote, leve-o ao seu veterinário (preferencialmente especialista em Chow Chows) que ele vai saber indicar com precisão a quantia certa.

chow chow 01

Cuidados Especiais

Quando vamos escolher uma raça, devemos ter em mente que cada uma possui suas necessidades específicas. São cuidados que devemos ter e que vão ser fundamentais para que nosso cãozinho tenha uma boa saúde. Essa preocupação vale tanto para cuidado físicos, como atenção com os pelos, dentes, peso, mas também se estende às atividades físicas e características comportamentais.

E com o Chow Chow não é diferente. Por essa razão, vamos falar um pouco mais sobre os cuidados especiais que devemos ter com essa raça.

Atenção com o peso do seu Chow Chow

Por ser uma raça com muito pelo e bastante fofa (vamos falar isso aqui a todo momento) fica mais difícil detectar quando o animal apresenta o peso acima do normal. Por essa razão, três dicas são fundamentais: procure alimentar seu bicho na quantidade e na frequência correta, faça atividades físicas diariamente e leve ao veterinário quando suspeitar de qualquer comportamento estranho que possa ter relação com o peso.

Escove os pelos do Chow Chow

A raça pode apresentar duas variedades de pelagem, onde uns cães têm pelos mais lisos enquanto outros são mais ásperos. Caso você tenha um de pelo apero, saiba que é necessária uma escovação diária, enquanto que o de pelo liso só precisa ser escovado uma vez na semana. Procure sempre manter a tosa em dia, isso também facilita para que não ocorra a queda excessiva de pelos.

Cuidado com a hora do passeio

Por ser uma raça que não se dá bem com ambientes úmidos e de alta temperatura, procure passear com seu Chow Chow nas primeiras horas da manhã ou a partir do fim da tarde. Isso permite que ele aproveite melhor a atividade e não se canse muito. Passeios de intensidade moderada são o suficiente para deixar seu animal saudável, além de brincadeiras ao longo do dia.

Principais doenças

Assim como todas as raças, o Chow Chow tem propensão a algumas doenças. Algumas delas são: Luxação patelar, predisposição a obesidade e displasia de quadril. Por isso, procure nunca exigir mais do que seu animal suporta em atividades físicas ou em situações que são comuns a nós humanos, como subir e descer escadas.

São pequenos atos que podem evitar o surgimento de qualquer problema na saúde do seu animal.

Banho

Embora seja preciso escová-lo diariamente em alguns casos, com o banho isso não é necessário. O mais importante dessa atividade é lembrar de secar o pelo do Chow Chow assim que o banho for dado. Isso evita problemas de pele e pelo. Além de ser bom para deixar seu animal limpinho, o banho também retira pelos que estavam soltos e presos no corpo do bicho.

Curiosidades do Chow Chow

O Chow Chow é uma raça muito adorada pelas pessoas, e a sua fama é a de que ele é um cão carinhoso, companheiro e bastante ativo. Assim como as outras raças, ele tem as suas especificidades e curiosidades que só quem cria sabe. Segue abaixo alguns fatos interessantes para que você conheça mais sobre esse animal tão especial.

1. Língua preta: Sim, você não leu errado. O Chow Chow tem uma particularidade até um pouco estranha para quem não conhece a raça. Diferente da grande maioria dos cães, a sua língua não tem uma tonalidade rósea, e sim, preta. Uma lenda chinesa diz que quando Deus pintou o céu de azul, deixou cair um pouco da tinta no chão. Um cão da raça Chow Chow lambeu o líquido o que gerou o tom da sua língua.

2. Origem do nome: Essa parte é bastante interessante. Os marinheiros ingleses quando chegavam ao seu país na volta da China traziam algumas mercadorias junto a eles. Esses itens eram chamados de Chow Chow. Como muitos cães vinham juntos nos navios, acabaram sendo conhecidos pelo mesmo nome.

3. Outros nomes na China: No resto do mundo ele pode até ser conhecido como Chow Chow, mas na China, seu país de origem, outras nomenclaturas já foram dadas a eles, como: cão com a língua preta (hei-shi tou), cão urso (xiang gou) e cão lobo (lang gou).

4. Famoso na casa branca: O Ex-Presidente americano Calvin Coolidge tinha dois cães da raça enquanto comandava o país, Timmy e Blackberry.

5. Donos famosos: Além do Ex-Presidente, Elvis Presley e Sigmund Freud são outras duas personalidades que tiveram um cão como parceiro.

6. Tem mais dentes que todas as outas raças: Enquanto as outras raças têm 42 dentes, os Chow Chow têm 44.

7. Não é muito bom com crianças: Não que ele ataque bebês e crianças, mas como ele não tolera muitos abusos (como puxões e tapas) é melhor evitar.

8. Vive bem em apartamentos e ambientes não muito amplos.

chow chow 02

Reprodução e filhotes

Por ser uma raça que não tem uma grande população de cães, embora seja muito querido, o objetivo principal de quem pretende reproduzir e procriar a raça é se preocupar com o melhoramento e evolução da linhagem. Para isso, é muito importante procurar machos e fêmeas que não tenham problemas de saúde.

Uma das razões por muitos cães apresentarem doenças genéticas é justamente a reprodução irresponsável. Isso pode gerar Chow Chows com propensão a displasia, por exemplo. Essa questão é tão séria que alguns filhotes têm que ser sacrificados após o nascimento, trazendo sofrimento também para o dono.

Para reproduzir, não é indicado que a fêmea acasale no primeiro cio (entre o 6º e 14º mês de vida). Após o terceiro cio ela já estará apta e com o sistema reprodutor bem desenvolvido. Os machos já estão preparados para acasalar ao 8º mês de vida, mas o ideal é esperar mais um pouco, até um ano e meio, aproximadamente.

Jamais acasale Chow Chows que tenham problemas genéticos ou comportamentais, procure sempre animais que tenham características físicas parecidas e verifique se ambos têm pedigree.

Por que ter um Chow Chow

Essa é uma raça ideal para quem gosta de um cão companheiro, amigo e calmo. Não é preciso muita atividade física, apenas pequenas caminhadas de 15 minutos e brincadeiras ao longo do dia.

Para quem mora em casa, é muito útil como cão de guarda, pois está sempre em alerta e é muito corajoso. É um cão adorável, muito bonito e que com certeza dará muito amor a quem for atencioso com ele

Por que não ter um Chow Chow

Primeiramente, essa não é uma raça indicada para dono de primeira viagem. Por ser muito teimoso e de personalidade forte, é bom que o criador já tenha experiência antes de adquirir um cão com as características dele.

É muito protetor e pode apresentar comportamento estranho com pessoas ou animais que não sejam comuns ao seu convívio. Caso não seja dada a atenção devida ao seu pelo, pode acabar apresentando problemas de pele. Outro fator que deve ser levado em consideração antes de comprar um Chow Chow é o seu preço, já que ele é um pouco maior do que o de outras raças.

chow chow 03

Como e onde comprar 

A primeira coisa que você deve olhar antes de comprar um Chow Chow, é procurar boas referências sobre os locais que trabalham com essa raça. Como já falamos anteriormente, essa atividade deve ser feita com responsabilidade, pois por mais que se espere obter lucro com a venda dos filhotes, a saúde do cão deve ser respeitada acima de tudo.

Busque referência com quem já adquiriu um Chow Chow, isso já ajuda bastante. Caso procure anúncios em jornais, revistas ou internet, desconfie de preços e condições fora do normal.

Quando for visitar o local que deseja obter o cão, vá com o máximo de informações possíveis sobre a raça, como tamanho, peso, cores, características do focinho, rabo, dentes, e faça perguntas para avaliar se o proprietário tem conhecimento sobre esses quesitos.

É importante também buscar informações sobre os pais da ninhada, pois muitas doenças são transmitidas geneticamente. Procure saber não só as características físicas, mas também comportamentais.

Por ser uma ração que não se adapta bem a qualquer ambiente, alguns criadores podem estar longe da região de quem esteja interessado em ter um Chow Chow, então é comum ocorrer uma negociação a distância. Nesses casos a atenção deve ser redobrada para que um cão fora dos padrões seja adquirido.

Comprando um animal da raça de longe ou de perto, saiba que deve haver uma espera de 60 dias para separar os filhotes das mães. Caso o criador autorize que a retirada da cria antes desse período, desconfie. Se ele é capaz de fazer isso de errado, o que mais ele pode fazer?