filhote com brinquedo

Fonte: Pexels.com

Para os amantes das raças caninas, não é novidade nenhuma que incentivar brincadeiras e interação entre cachorros, é bastante importante para o desenvolvimento deles. São nesses momentos que eles se sentem mais animados, fazem exercícios, se divertem e sentem que estão sendo bem cuidados pelos seus donos. Você dedica tempo para brincar com seu amigo canino? Quais brinquedos para cachorro você costuma oferecer? Vamos falar sobre isso neste artigo!

A importância de brincadeiras e brinquedos para cachorro

Antes de tudo é importante entender que os cães são seres sociáveis e domesticáveis, por isso exigem atenção de seus donos, independentemente se eles têm tempo ou não. Os bichinhos não entendem os reais motivos da falta de carinho, logo, por vezes, é normal que cobrem demais de seus donos.

E as brincadeiras, nesse caso, além de provar para eles que os donos estão dando atenção, os estimulam fisicamente e mentalmente, evitando comportamentos caninos inesperados. Separamos alguns benefícios para que você entenda a importância de investir em brincadeiras e brinquedos para cachorro.

  • Prevenção de estresse

Os cãezinhos costumam ficar estressados quando passam muito tempo dentro de casa, sem interação ou atenção de alguém. Isso acontece principalmente com os dogs mais agitados que, inclusive, recebem de seu veterinário a orientação de fazer atividades físicas com frequência. Os brinquedos para cachorro são uma boa opção para incentivar as brincadeiras e ajudar a liberar aquela energia acumulada deles que podem gerar estresse.

  • Pets mais sociáveis

Incentivar brincadeiras também estimula os cachorrinhos a serem sociáveis. Isso é bastante importante, principalmente para cães tímidos e com perfis mais calmos, pois contribui para que eles sejam mais facilmente adaptáveis em locais que tenham outros animais ou pessoas.

  • Cães ficam mais receptíveis a comandos de obediência

Os pets que recebem brinquedos de seus donos, bem como atenção na hora das brincadeiras, são treinados para ser mais receptíveis a comandos de obediência. Já imaginou o quanto isso pode ser interessante para você que “sofre” com as desobediências do seu cão? Invista nas brincadeiras.

  • Desenvolvimento de ossos e articulações para os filhotes

A saúde física do animal agradece quando você o incentiva a se movimentar, e isso independe se o cãozinho já é agitado ou não. Inclusive, é importante ficar atento a isso, pois muitos cachorros agitados acabam se movimentando de forma errada, e esses movimentos não substituem atividades e brincadeiras de forma ordenada.

cachorro correndo atrás de um brinquedo

Fonte: Pexels.com

Como escolher os melhores brinquedos para cachorro

Antes de comprar um bichinho de estimação, a dica é entender tudo sobre a raça, bem como o seu perfil, para só depois comprar. Aqui no nosso blog temos um guia de raças e, ao falar sobre cada uma, explicamos porque você deve ou não deve ter um cachorrinho. Esse é o primeiro passo para você saber quais brinquedos, e outras coisas, são melhores para o seu cão.

Outra dica é analisar bem os seus horários. Se você é uma pessoa ocupada, que não tem muito tempo para dedicar às brincadeiras com o animal, o interessante é buscar por raças que não exigem muito do seu tempo.

Há muitos cachorros independentes e que não fazem muita questão de ter o dono sempre por perto, ao contrário de outros que podem até ficar doentes quando não recebem a devida atenção, portanto, vale entender qual é o perfil do seu cão.

A saúde do pet, inclusive, é um dos pontos primordiais que deve ser levado em consideração quando o assunto é dedicação de tempo e atenção. Isso porque, como mencionamos acima, alguns cachorros podem se sentir mal sem a presença frequente do dono, podendo chegar até a ficar doentes fisicamente.

Caso você realmente não tenha tempo, uma boa dica é pensar em brinquedos que possam entreter o cãozinho nos momentos em que ele esteja sozinho. Esses brinquedos também podem facilitar essa interação entre você e ele em momentos que vocês estejam juntos.

Normalmente, essa é uma saída de muitas pessoas que chegam em casa cansadas e ainda precisam dar conta de seus cães com bastante energia. Apesar de ser bastante importante dedicar tempo a eles, sabemos que na prática nem sempre é possível.

Agora que você sabe que o ideal é identificar o perfil do seu cão e, também, as suas características, vamos falar dos tipos de brinquedos para cachorro.

cachorro brincando com corda

Fonte: Pixabay | Pexels.com

Tipos de brinquedos para cachorro

Com tudo em mãos, é hora de pensar com qual brinquedinho seu cão se sentirá mais feliz durante as brincadeiras. Será que um único tipo de brinquedo ou vários tipos? Qual brincadeira ele se sente mais ativo? E para essas brincadeiras, é necessário algum tipo de brinquedo? Vamos entender!

Para morder

Se o seu cão é comilão, uma boa sugestão é oferecer um brinquedo que ele possa morder. Normalmente esses brinquedos são feitos de borracha 100% natural, não tóxica, para que não prejudique o cãozinho no momento da mordida. O objeto pode ser em formato de osso ou até de um boneco. Você pode ir analisando para sentir o que faz ele se divertir mais.

Para apertar

Assim como objetos para morder, os brinquedos voltados para apertar são moles e feitos de borracha. Inclusive, muitos cachorros, quando não têm fácil acesso a brinquedos desse tipo, pegam sandálias, sapatos ou qualquer objeto que tenha uma textura de seu agrado. Uma boa dica é investir em brinquedos que produzam sons ao serem apertados, pois eles ajudam a estimular o ambiente sonoro do cão.

Para jogar

Normalmente os donos dos cãezinhos agitados investem em discos ou bolinhas para jogar. Isso estimula desde pontos relacionados à obediência, pois eles vão atrás do objeto e o traz de volta para o seu dono, a atividades físicas. Brinquedos desse tipo estimulam brincadeiras importantes para o desenvolvimento saudável do dog.

Para puxar

Independentemente do tamanho do bicho, a maioria gosta de brinquedos para puxar. Objetos com essa finalidade normalmente são feitos com uma corda e duas bolas de plástico ou borracha fixadas nas pontas da corda. Isso estimula a força e também a interação entre cães, pois são brinquedos que favorecem dois animais ao mesmo tempo.

Para desafiar

Já viu brinquedos para cachorro que parecem um pote cheio de petiscos. São recipientes de cores atrativas e que são desafiadores, pois têm apenas uma pequena abertura para que o cão fique tentando tirar a recompensa que está lá, que nesse caso é o petisco. Você também pode colocar outra coisa que ele goste muito. É um ótimo brinquedo para os cães que ficam muito tempo sozinhos em casa, uma vez que eles querem, a todo custo, tirar o que está lá dentro.  

Para a saúde

Existem ainda alguns brinquedos que têm objetivos relacionados à saúde do animal. São objetos indicados por veterinários como, por exemplo, brinquedos confeccionados para a saúde bucal do pet. Normalmente, os próprios donos conseguem fazer em casa com alguns materiais como nylon, corda, borracha. Estes brinquedos estimulam a necessidade de mastigação do cão e auxilia até mesmo na limpeza dos dentes.

Como falamos no início deste artigo, o ideal é que você entenda o seu perfil, bem como o perfil do seu cãozinho para, só assim, escolher os melhores brinquedos para ele. Apesar disso, tão importante quanto escolher o brinquedo ideal, é estar sempre atento às formas como ele se relaciona com estes objetos.

O que vale, no final das contas, é a forma como o doguinho está interagindo com os brinquedos e como está desenvolvendo! Às vezes, determinado brinquedo não é o mais indicado, mas se você supervisiona e percebe que ele está aprendendo novas e boas práticas, continue a deixar.

Nesses casos, também é interessante pedir orientações a um veterinário, pois pode acontecer de estar bom apenas aparentemente. Esteja sempre atento às reações e comportamento do cão.