Boston Terrier Frontal

Fonte: rin0428 / Pixabay.com

American Gentleman é como ficou conhecido o Boston Terrier nos Estados Unidos, desde o seu surgimento. Esse nome se deve à sua característica principal: cão de companhia. Eles são ótimas companhias para seus donos e se sentem bastante felizes quando estão perto de crianças. Afetuosos, gentis, inteligentes e cheios de vida, eles são adaptáveis e conseguem viver felizes em qualquer ambiente, seja ele interno ou externo. Vamos descobrir mais sobre esta raça?

Ficha técnica:

• Peso: 4,5 kg a 11 kg
• Altura: 38 cm a 43 cm
• Grupo AKC: Non-Sporting Group
• Grupo CBKC: Grupo 9 (Cães de companhia)
• Outros nomes: Boston Bull e American Gentleman
• Expectativa de vida: 13 a 15 anos
• Origem: Estados Unidos
• Preço estimado:R$ 4.500 a R$ 7.000

Histórico do Boston Terrier

A história do Boston Terrier é um pouco controversa. Há quem diga que é uma raça desenvolvida unicamente pelos americanos, surgida após o acasalamento de cães britânicos. Mas há também pessoas que acreditam que o pet surgiu em Boston, devido ao seu nome.

Além dessas, há outras hipóteses que confirmam diferentes formas de surgimento dessa raça. A mais aceita atualmente é que a raça foi totalmente desenvolvida nos Estados Unidos, por isso o cão é de origem americana.

Há ainda quem diga que ele é fruto do cruzamento de Buldogue Inglês ou de Buldogue Francês, pois eles são muito parecidos com os buldogues. Mas há teorias que também indicam que seu surgimento veio de Pit Bull Terrier, White English e até do Boxer.

São muitas teorias que rondam o surgimento do Boston Terrier. Hoje, nos Estados Unidos, ele é um dos cachorros mais queridinhos principalmente por conta de suas qualidades e características, como a pelagem, considerada um padrão no país. Cavalheiro Americano (American Gentleman) é um nome pelo qual é bastante conhecido.  

Boston Terrier Deitado

Fonte: skeeze / Pixabay.com

Características físicas do Boston Terrier

Cães dessa raça são compactos e possuem cabeças grandes e sem rugas. Eles normalmente têm olhos e focinhos escuros, além das orelhas sempre empinadas. Seus pelos são finos e curtos, fato que faz com que ele tenha um pouco de sensibilidade e facilidade para se machucar, caso o dono não tenha muito cuidado.

Ainda em relação à pelagem, o Boston Terrier não costuma “soltar” muito seus pelos, e também não tem cheiro forte, sendo uma ótima opção para pessoas que têm alergia, tanto a cheio quanto a pelos.

Uma grande característica de cães dessa raça é a sua facilidade em lidar com outros animais. Eles convivem facilmente com outros pets, sejam eles cães de outras raças ou até mesmo outros animais. Adultos também são bem aceitos por eles, até quando são “estranhos”.

É um animal de fácil adaptação, e que sabe se comportar em qualquer ambiente, seja ele interno ou externo. Mas se o dono puder optar, o melhor para esse cãozinho é viver em ambientes internos, sendo grandes amigos caninos para quem mora em apartamento.

Comportamento do Boston Terrier

O Boston Terrier é um cão conhecido por ser cavalheiro e bastante atencioso com seus donos. Se tiver criança em casa, ele se torna um cachorro ainda mais alegre e sua disposição consegue ser ainda mais elevada.

O Boston Terrier é bastante inteligente, afetuoso e gentil com seus donos e também com todas as pessoas que o rodeiam. Ele também é um cão de companhia incomparável, se tornando, em muitos casos, o melhor amigo de seus donos.

Parece que não tem tempo ruim com eles, pois estão sempre querendo agradar as pessoas e outros animais que convivem com ele. Eles não se irritam com facilidade. Na verdade, tirá-los do sério é algo muito difícil. O bom humor reina nesta raça.

Por ser muito sensível, o Boston Terrier pode se sentir reprimido com facilidade, principalmente se sentir que o dono está falando com ele com um tom de voz mais elevado. Se você tem paciência para tratar com animais e quer um cão fofinho para domesticar, ele com certeza vai te surpreender.

Alimentação do Boston Terrier

Os cães de raça Boston Terrier não têm muitas exigências alimentares. Eles não necessitam de complementos para manter a estética do pelo ou da pele, pois são pets resistentes e também possuem uma pelagem curta e forte, feita de pelos que não caem com facilidade.

A principal orientação neste ponto é procurar um veterinário para que você tenha em mãos a dieta certa para o dog. Lembrando que isso não varia de raça para raça, mas de cão para cão, pois cada um tem particularidades únicas e acabam exigindo alimentações diferenciadas.

Tudo vai depender do tamanho, peso, carências nutricionais, características individuais, além das formas como eles foram criados no passado, caso o dono o adote depois que ele já tiver nascido e se desenvolvido em outros locais.

Quando não podem levar o doguinho ao veterinário, alguns donos investem em ração específica para a raça, e na quantidade recomendada na embalagem. Uma ótima ração é a super premium, pois é muito utilizada por favorecer a redução do volume de fezes.

Além disso, ela pode ser fornecida em menor quantidade, já que ela é mais digerível e, com isso, o cachorro absorve mais facilmente a proteína e outros nutrientes importantes para o seu desenvolvimento saudável.

Boston Terrier Brincando

Fonte: Introvertz3 / Pixabay.com

Cuidados Especiais com o Boston Terrier

O Boston Terrier, apesar de ser um cão de pequeno porte, é bem resistente e não exige muitos cuidados especiais. Mas é importante ficar atento aos cuidados mínimos que todo cãozinho precisa e merece ter. Em relação à raça em questão, vamos citar os pontos mais importantes que não podem ser deixados de lado.

Pelos

Como eles não têm longos pelos, é fácil lidar com a manutenção de sua pelagem. Os pelos curtos e macios facilitam até no banho, pois não exigem longas horas para retirada de nós ou de outras coisas que costumam ficar grudadas em cachorros de pelos longos. O ideal é pentear uma vez por semana.

Atividades físicas

O Boston Terrier não tem muita necessidade de atividades físicas, se comparado a outras raças aventureiras e agitadas. Por ser um cãozinho calmo, ele exige apenas caminhadas diárias para que possa espairecer e renovar os ares. Os donos podem criá-lo tranquilamente em pequenos apartamentos, incentivando pelo menos brincadeiras mais calmas.

Higiene

A maior preocupação em relação à higiene é a limpeza do rosto. A recomendação é que ele seja limpo com um lencinho umedecido todos os dias, mesmo que o cão não esteja sujo aparentemente. A secagem, em seguida, também precisa ser bem feita, para que o bichinho não tenha problemas com fungos ou outras doenças. O banho deve ser dado uma vez ao mês e a escovação dos dentes pelo menos uma vez por semana.

Curiosidades do Boston Terrier

O cachorro dessa raça é bastante tranquilo e calmo, como já vimos no início deste artigo. Apesar de características bem particulares, o Boston Terrier possui algumas características interessantes.

1) Cavalheiro Americano é o principal apelido do Boston Terrier. Este nome surgiu da herança mista que teve início em Boston, Massachusetts.

2) Muito antigamente era conhecido como Round Heads, Bull Terriers ou Bullet Heads. Só em 1889 receberam oficialmente o nome de Boston Terrier.

3) Estes cães costumam soltar flatulências com frequência, dependendo de sua alimentação.

4) Às vezes, por ansiedade, eles podem ser gulosos e comer tudo o que veem pela frente.

Reprodução e filhotes

A primeira recomendação em relação à reprodução do Boston Terrier é estar atento na hora que estiver buscando por outros cachorros. É primordial ter atenção a isso para que o cruzamento seja feito com cachorros saudáveis e bem cuidados, sejam eles da mesma raça ou não.

Além disso, uma dica muito importante sobre este assunto tão delicado é oferecer muito amor e atenção à fêmea durante o período de gestação, que normalmente dura 60 dias. Estes momentos são marcados por uma maior fragilidade emocional e carência dos cães.

Os cuidados médicos são primordiais durante todo esse período. É imprescindível a contribuição de um veterinário para dar orientações sobre os melhores cuidados para a fêmea. Os cuidados médicos também vão indicar quais são os melhores alimentos para o pet, então não deixe de procurar ajuda.

Boston Terrier Perfil

Fonte: bildgebende_Momente / Pixabay.com

Por que ter um Boston Terrier

Essa opção é melhor para ele por ser um cão de pequeno porte. Eles não costumam viver em canis ou ambientes grandes, pois se sentem sozinhos, principalmente quando têm donos que não dedicam muito tempo a eles.

Na verdade, se você está em busca de um cachorro para estar ao seu lado o tempo todo, o Boston Terrier é a opção ideal. Eles são ótimos para interagir com você e fazer tudo o que você pedir, já que são cãezinhos carentes e fazem de tudo para o seu dono.

De maneira geral, o Boston Terrier é um animal bastante carinhoso e tranquilo. Ele é apegado ao dono e muito protetor. Se você gosta e tem tempo para ajudá-lo a socializar desde novinho, é provável que não tenha problemas com ele depois de grande.

Por que não ter um Boston Terrier

Um cão dessa raça pode ser bastante caro caso seja comprado em lugares onde ele foi criado com muito afeto e cuidados especiais. O valor dele pode variar de R$ 4.500 a R$ 7.000, não sendo, portanto, um animal de fácil acesso.

Se você, inclusive, não tem tempo para dedicar ao animalzinho, talvez essa não seja a melhor raça para você adquirir. Existem animais mais independentes, que você pode colocar para brincar em terraços grandes, quintais ou até mesmo em campos de grandes sítios ou casas. Este não é o caso do Boston Terrier.

Outro fator que deve ser analisado é a saúde do cão. Por ser um animalzinho de pequeno porte, ele exige alguns cuidados especiais e costuma ter alguns problemas de saúde de vez em quando. Então se você for uma pessoa ocupada e que não tem tempo para levá-lo com frequência ao veterinário, talvez seja melhor uma outra opção para ser seu amigo canino.

Preço, como e onde comprar

A melhor maneira de se conseguir um Boston Terrier é entrando em contato pessoalmente com um lugar especializado para vendas de cães. Isso é importante para que você tenha a certeza de que o cachorro vai chegar até você sem grandes complicações ou dificuldades oriundas de más cuidados.

Inclusive, o valor desse cãozinho pode variar entre R$ 4.500 e R$ 7.000, como já foi dito anteriormente. Esse cão pode variar bastante de preço por conta de sua “fama” nos Estados Unidos, já que é um cachorro considerado padrão de pelagem.

Fique atento na hora da compra e faça o máximo de perguntas em relação ao seu histórico. Além disso, analise o local onde você vai comprar, que pode ser uma loja online, um canil ou até uma doação de seu vizinho. Não deixe escapar nenhuma informação. Assim, você terá a certeza de que está adquirindo um pet saudável.