Já falamos sobre vários tipos de cuidados que devemos ter com nossos cachorrinhos.

Teve artigo sobre a forma correta de fazer o transporte em veículos, sobre como prevenir doenças e até sobre a forma correta de realizar a escovação dos dentes.

Agora resolvemos falar um pouco sobre um cuidado que vai garantir que nossos dogs estejam sempre cheirosinhos e com o look em dia.

Isso mesmo, banho e tosa!

São cuidados básicos que garantem a higiene correta dos cachorros e, consequentemente, promovem mais saúde e qualidade de vida para nossos aumigos.

Então continua lendo o artigo para entender mais sobre a importância do banho e tosa, qual a frequência que devem ser feitos, qual a forma correta…

Enfim, temos bastante coisa para falar, então vem com a gente! 🙂

Qual a importância do banho e da tosa?

O banho e a tosa são cuidados necessários de serem tomados e que vão além da estética do cachorro, pois podem prevenir até problemas de saúde.

O ideal é que esses procedimentos sejam realizados por um profissional especializado, que tomará as devidas medidas de proteção.

É necessário ter atenção com olhos, orelhas, pele e até os dentes do bichinho.

Esses cuidados são de extrema importância para garantir o bem-estar completo dos cachorros.

É interessante ressaltar também que o banho e a tosa devem ser realizados com uma determinada frequência, já que o excesso dessas práticas podem ser prejudiciais.

O banho em excesso, por exemplo, elimina certas bactérias que são necessárias para o funcionamento correto do organismo do cachorro.

Também há o momento certo de realizar a tosa, pois o pelo do animal cumpre papéis importantes como a proteção contra a temperatura externa e proteção da pele.

A frequência ideal para cachorros de:

Pelos curtos: 2 em 2 meses;

• Pelos longos: de 1 a 4 vezes por mês;

 Pelos volumosos: 1 a 2 vezes por mês.

cachorro-banho-e-tosa

Entenda seu dog antes de realizar o banho e tosa

Antes de escolher um Pet Shop para realizar o banho e tosa, ou até mesmo fazer esses cuidados em casa, é importante entender melhor as necessidades do seu cãozinho.

Existem alguns aspectos que devem ser analisados antes de realizar esses dois procedimentos, para evitar que erros prejudiciais à saúde do pet sejam cometidos.

Para te ajudar com essa missão, fizemos uma lista com os itens que você deve ter uma atenção extra antes de realizar o banho e tosa:

• Problemas de pele: Para cachorros que têm tendência à problemas de pele, o banho e tosa, feitos da forma correta, podem ser ótimos aliados para evitar a manifestação constante dessas doenças.

• Pelo longo: é necessária a escovação constante para evitar a formação de nós e consequentemente o acúmulo de sujeira. Além disso, é importante ressaltar que a frequência de tosa para animais com pelo longo deve ser maior em épocas mais quentes.

 Orelhas: Durante o banho é importante que as orelhas do cachorro sejam protegidas, para evitar que a água entre no canal auditivo e cause infecções.

• Dupla pelagem: Essa é a pelagem típica de raças como Border Collie, São Bernardo, Samoieda, que tem como característica uma pelagem volumosa. Nesses casos a escovação é essencial para que nós não sejam formados e sujeira ou pelos soltos não fiquem acumulados. Isso acontece porque, para cães com essa pelagem, a tosa deve ser evitada, já que a pelagem dupla protege contra temperaturas altas e baixas e, com a tosa, o cachorro pode ficar desprotegido.

• Olhos: Certas raças apresentam a região dos olhos muito sensíveis, então, durante esse procedimento, é necessário ter muita atenção com essa região.

Ah! Antes de escolher um Pet Shop para levar seu doguinho, garanta que o lugar seja limpo, arejado, bem estruturado e que possua paredes revestidas por material lavável.

Também é importante observar se os materiais usados no banho e tosa estão esterilizados e as toalhas são de uso individual.

cachorro-banho-e-tosa

Banho e tosa caseiros

Apesar de indicarmos fortemente que o banho e tosa sejam realizados por profissionais especializados, em Pet Shops de confiança, sabemos que nem sempre é possível pagar por esse serviço.

Além disso, para filhotes que ainda não estão com a vacinação completa, o banho deve ser dado em casa mesmo.

Para te ajudar a fazer esses cuidados de forma segura, separamos algumas dicas para você.

Primeiro, separe os materiais necessários para o banho:

 Água morna: pode ser no próprio chuveiro, uma bacia ou banheira;

• Algodão: para proteger os ouvidos do cachorro durante o banho, evitando que entre água;

• Xampu e condicionador: você deve utilizar produtos específicos para cães para evitar problemas de pele e possíveis alergias;

 Cortador ou Alicate de unhas;

 Secador e toalha para secar o doguinho após o banho;

 Pente para desembaraçar os pelos.

Pronto, agora que você já tem tudo separado, é hora de entrar em ação:

No primeiro momento, é importante tranquilizar o cão, já que o momento do banho nem sempre é o favorito deles.

Assim, vale se utilizar de petiscos, carinhos e brincadeiras, para tornar o momento o mais favorável possível.

Quando o animal estiver mais calmo, faça a limpeza das orelhas e corte as unhas, pois provavelmente após o banho ele estará agitado demais para que esses detalhes sejam feitos.

Feito isso, desembarace os pelos com um pente para que a lavagem fique mais fácil.

Agora, proteja as orelhas do doguinho com algodão e comece o banho propriamente dito.

Com a água morna, vá molhando o animal aos poucos, para evitar que ele se assuste e queira fugir do banho.

Molhe o rabo, as patas e vá seguindo até a cabeça, tomando cuidado sempre com os olhos, nariz e orelhas.

Aplique o xampu, enxágue e depois faça o mesmo com o condicionador, caso seu cachorro tenha pelo longo.

Depois do banho, chegou o momento de secar.

Comece com uma toalha para tirar o excesso de água e depois utilize o secador.

É importante ter atenção redobrada nessa etapa porque se o dog ficar com os pelos úmidos, ele pode desenvolver até uma pneumonia.

Se for da sua preferência, você também pode utilizar um perfume próprio para cachorro, para garantir que ele vai ficar cheirosinho por mais tempo.

E aí, já marcou o banho e tosa do seu dog essa semana?